Banda da Polícia Militar reúne cantores em live para comemorar 128 anos do Corpo Musical

O evento, realizado no Sesc Arsenal, em Cuiabá, também teve cunho social, com arrecadação e sorteios em prol de entidade de proteção animal

Foto por: Sd Wddsmayk/PMMT

O Corpo Musical da Polícia Militar celebrou 128 anos em grande estilo, com um show com transmissão em live que reuniu cantores convidados no palco montado no Sesc Arsenal. No local, a platéia estava limitada a um grupo de convidados, entre eles o comandante geral da PM coronel Jonildo José de Assis e o presidente de Fecomércio José Venceslau de Souza Júnior.

Já de casa, milhares de pessoas puderam assistir interagindo com comentários e participando de doação e sorteios para a causa em defesa e proteção de animais abandonados da OPA-MT(Organização de Proteção Animal de Mato Grosso).

Na lista dos artistas que subiram ao palco para cantar junto com o Corpo Musical da PM, estavam o trio regional Henrique, Claudinho e Pescuma; Roberto Lucialdo, Janderson Mathias, Cleiton Negrety, entre outros. No repertório, tributo a Luiz Gonzaga, clássicos regionais, nacionais e internacionais.




Para Cleiton Negrety, cantor que percorre o país fazendo shows e que participa pela segunda vez de evento com a Banda da PMMT, é uma satisfação voltar ao palco com os músicos da Polícia Militar. ”É uma honra estar entre os convidados e cantar com músicos tão talentosos”, avalia.

Foto por: Sd Wddsmayk/PMMT

Quem estava na platéia também se encantou. Dona Maria Luiza Pereira dos Anjos assistiu ao lado de um casal de amigos. “Esse é um espetáculo musical que alegra os olhos e a alma”, definiu, lamentando pelo momento da pandemia. “Pena que não pode ser aberto para que mais pessoas pudessem apreciar de perto”, disse.

O 1º sargento Andreo Cunha de Moraes, diretor Musical do Corpo Musical da PM, lembrou que essa é a segunda live da Banda, a primeira foi em 21 de abril, Dia de Tiradentes. Agora, no aniversário de 128 anos, não poderíamos deixar passar em branco. Disse que é uma data para celebração, fazendo as adequações necessárias e cuidados exigidos para esse momento de pandemia.

O coronel Assis lembrou que a história dos 128 anos do Corpo Musical mostra que seu papel é decisivo na integração social, na aproximação com a sociedade e o público alvo das ações da PM, que é o cidadão mato-grossense.

O comandante da PM lembrou ainda que além de promover os eventos da instituição militar e de órgãos do Governo do Estado, a Banda sempre esteve ao lado da população nas celebrações populares, como as festas religiosas.

Para o comandante Assis, mesmo em um momento como esse que o país está atravessando, de pandemia da Covid 19, a Polícia Militar precisava comemorar o aniversário da Banda, fazendo isso junto com a população, com essa live na noite desta segunda-feira(26).

Foto por: Sd Wddsmayk/PMMT