Azeite, alface e camomila: conheça aliados contra a hipertensão

Sexta-feira (26) é o Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão e o Sesi MT ensina receitas fáceis de fazer para combater a doença

Azeite, alface e camomila: conheça aliados contra a hipertensão
Mapa/Divulgação

Considerada uma doença “silenciosa”, já que não há sintomas muito aparentes, a hipertensão afeta 25% dos brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBN).

Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam 140 x 90 mm HG (ou 14 por 9) e faz com que o coração exerça um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído no corpo.

Infarto, aneurisma arterial, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência renal estão entre as complicações mais comuns que a pressão alta pode trazer. A doença afeta tantos brasileiros – de tantos perfis e idades – que tem data para ser lembrada: 26 de abril é o Dia da Prevenção e Combate à Hipertensão.

Conforme o Ministério da Saúde, a doença não tem cura, mas pode ser controlada. Esse controle, em grande parte, pode vir com exercícios físicos e, claro, uma dieta com bons hábitos alimentares. Segundo a nutricionista do Sesi MT e do projeto Cozinha Brasil, Roberta Sanches, o azeite de oliva pode ser um aliado importante nessas horas.

“O azeite possui gorduras insaturadas de ótima qualidade, que são associadas à redução dos níveis de triglicerídeos e do ‘colesterol ruim’ no sangue. O consumo delas previne problemas como a própria hipertensão e também doenças cardiovasculares”, afirmou Roberta.

Reduzir o consumo de sódio é uma das recomendações para a prevenção e o combate à hipertensão. Isso pode afetar diretamente o sabor dos alimentos – pois o sódio está presente no sal de cozinha e em muitos condimentos e aditivos usados em alimentos processados.

Confira quatro receitas fáceis do Sesi MT para cuidar da pressão arterial – duas delas podem substituir ou minimizar o uso do sal sem perder o sabor. Roberta Sanches faz um adendo sobre as recitas do chá e do suco: não colocar açúcar é super importante.

“O açúcar ‘corta’ o efeito das substâncias benéficas ao corpo. Então, o melhor é não utilizá-lo nas receitas”. A nutricionista lembra que indústrias e outras empresas podem levar esse conhecimento a suas equipes, por meio do Cozinha Brasil. Basta entrar em contato com a equipe, pelo 3316-6324 ou pelo e-mail [email protected]  .

1 – Azeite temperado

Com características importantes em uma dieta balanceada, o azeite é um aliado e tanto do hipertenso. Com um gostinho diferente, ele pode até ajudar na redução do sal.

Ingredientes:

500 ml de azeite;

1 dente de alho;

1 ramo de alecrim;

2 ramos de tomilho;

4 folhas de sálvia.

Modo de preparo: Em uma panela coloque o azeite e leve ao fogo baixo por 5 minutos, só para aquecer sem deixar ferver. Retire do fogo e acrescente o alho e as ervas. Tampe a panela e deixe descansar por 1 hora. Guarde em um vidro fechado.

2 – Sal de Ervas do Sesi

O sódio é importante para o corpo, mas em excesso passa de mocinho a bandido. Conforme a nutricionista do Sesi MT, trocar o sal comum pelo de ervas auxilia na redução do sódio nas refeições. Uma colher de sopa de sal tem 6.976 mg de sódio, já uma colher de sopa de sal de ervas tem 1.395 mg de sódio, ou seja, cinco vezes menos de sódio.

Ingredientes:

1 colher de sopa de sal

1 colher de sopa de orégano desidratado

1 colher de sopa de manjericão desidratado

1 colher de sopa de alecrim desidratado

1 colher de sopa de louro (folha, seco ou em pó)

1 colher de sopa de salsa desidratada

Modo de preparo: Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Guarde em um recipiente com tampa.

3 – Chá de camomila

Já conhecida por seus efeitos calmantes, a camomila também tem sido estudada por reduzir o risco de doenças metabólicas, caso da hipertensão. Conforme a nutricionista do Sesi MT, Roberta Sanches, estudos já têm apontado que o chá pode diminuir a pressão do sangue no corpo e, também, pode vir a proteger as funções renais do organismo.

Ingredientes:

2 ou 3 colheres (chá) de camomila (preferencialmente flores secas e naturais)

2 xícaras (chá) de água

Modo de preparo: Basta ferver 1 xícara de chá de água e 2 ou 3 colheres (chá) de camomila, por 3 minutos. Depois é só coar e beber.

4 – Refresco de alface com erva cidreira

Receita do projeto Cozinha Brasil, que é uma iniciativa do Sesi e tem o objetivo de levar hábitos alimentares mais saudáveis para os lares brasileiros, o refresco de alface com erva cidreira também pode ser um aliado no combate à hipertensão. “A alface e a erva cidreira também são consideradas calmantes e, portanto, grandes amigas de uma dieta com foco na redução da pressão alta”, disse Roberta Sanches.

Ingredientes:

1 xícara (chá) de alface (qualquer tipo)

3 xícaras (chá) de água

1 xícara (chá) de erva cidreira fresca

Gelo a gosto

4 unidades médias de limão

Modo de preparo: lave e higienize a alface. Com a água e a erva cidreira lavada, faça um chá bem forte e deixe esfriar. Reserve. Esprema limões e coloque no liquidificador com o chá, a alface e o gelo. Sirva gelado.