Associação premiada como Ponto de Esporte e Lazer prepara campeonato de jiu-jitsu em Sapezal

Oferecendo aulas de jiu-jitsu, a Associação de Artes Marciais Esportiva Peniel (AAMEP) atende mais de 200 crianças e jovens em bairro da periferia do município

Foto por: Divulgação

Promovido em 2020 pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o edital Pontos de Esporte e Lazer está proporcionando importantes avanços a iniciativas sociais e esportivas em todo Mato Grosso.

De Sapezal, município que fica a quase 500 km da capital, a Associação de Artes Marciais Esportiva Peniel (AAMEP) foi uma das organizações premiadas com o valor de R$ 15 mil para fomentar suas boas práticas.  As atividades esportivas continuadas de interesse social e coletivo são desenvolvidas no pavilhão comunitário do bairro Bosque, na periferia da cidade.

A Associação atende mais de 200 crianças e jovens, de 7 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social oferecendo aulas de jiu-jitsu. Para efetivar o direito ao esporte e ao lazer, não há nenhum custo para os participantes, o que inclui materiais e equipamentos ofertados gratuitamente para a prática das atividades e as condições para viagens em competições.

De acordo com Eberson Godofredo, diretor técnico da  AAMEP, o apoio financeiro recebido por meio do edital vai ajudar a instituição a fomentar ainda mais o trabalho social que realiza unindo esporte e lazer com a realização de um campeonato regional de jiu-jitsu.

“O recurso é muito importante, vai ser fundamental para o desenvolvimento das atividades. Planejamos a realização de um campeonato que vai envolver toda a cidade e região assim que a pandemia passar. Vais ser um evento que vai abrir portas, vai quebrar paradigmas”, expõe o diretor.

Devido às restrições impostas de pandemia da covid-19, o campeonato precisou ser adiado mas está com sua organização praticamente pronta para quando as atividades forem liberadas. De medalhas a reserva de local passando por locação materiais e contratação de arbitragem, a Associação está deixando tudo preparado para transformar, mais uma vez, a vida de crianças e jovens por meio do esporte.

“Com esse campeonato, a arte marcial e a prática de esportes ganham visibilidade, muitas crianças vão querer participar, vai ser muito benéfico pra toda a comunidade, vai ser o primeiro de muitos”, enfatiza Eberson.