AgriHub promove encontro entre produtores rurais e empresas de tecnologia para o agronegócio

rodada do armazena mt reúne mais de 250 participantes

Campo Verde foi o primeiro município de Mato Grosso a receber o evento Conexão AgriHub. Esta é a terceira frente do AgriHub e tem o objetivo de promover o encontro e a interação entre produtores rurais e startups e empresas de tecnologia para o agronegócio, permitindo que o produtor entenda melhor as soluções que estão sendo propostas e as validem no campo. O evento aconteceu terça-feira (01/08).

O AgriHub é uma rede de inovação em agricultura e pecuária que identifica as necessidades dos produtores e os conectam a startups, mentores, empresas, pesquisadores e investidores. A iniciativa é da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

“Nos orgulhamos muito desse projeto, pois entendemos que o mundo está mudando e, mais uma vez, o setor agropecuário de Mato Grosso está à frente dessas mudanças, trazendo melhorias para a vida do produtor rural e desenvolvendo algo que realmente vai otimizar o trabalho no campo”, salientou o diretor de Relações Institucionais da Famato, José Luiz Fidelis.

Para o Superintendente do Senar-MT, Otávio Celidonio, o AgriHub veio para preencher uma lacuna do Sistema Famato. “Assim como as empresas de sucesso, o Sistema Famato também precisa ter os três ‘P’: pessoas, produtos e processos. Já trabalhávamos o P de pessoas por meio da qualificação ofertada pelo Senar-MT, o de produtos cabe ao Imea, que oferece informações para o produtor tomar a melhor decisão sobre o seu produto. O AgriHub vem como uma oportunidade de aproveitarmos o exército de empreendedores e de inovadores que há no mundo para ajudar os produtores a melhorarem os seus processos internos”.

O primeiro Conexão contou com a participação da Farmbox, empresa de gestão agrícola do Rio Grande do Sul que ajuda os produtores de grandes culturas a otimizarem o manejo das pragas e o uso de defensivos agrícolas. A Farmtec, sediada na Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia em Pompeia no estado de São Paulo, que oferece um programa de inspeção em pulverizadores, também esteve em Campo Verde. A terceira solução presente no Conexão foi a Taranis, empresa israelense que possui uma plataforma que permite a gestão das atividades agrícolas através da análise de informações "Big Data”.

Daniel Latorraca, superintende do Imea, lembrou que o evento já é uma resposta à reunião de levantamento de problemas realizada junto aos produtores do município em abril pelo AgriHub. “Nós levantamos os problemas e agora estamos trazendo algumas soluções. Entramos de vez na economia colaborativa, compartilhada. Fazendo a ponte entre quem tem algum problema para resolver e quem tem a possível solução”.

Latorraca destacou que a proposta é proporcionar o primeiro encontro entre os produtores e as empresas. “O Conexão não é um evento de compra e venda, a ideia é proporcionar o primeiro encontro entre quem possui as soluções e quem tem os problemas, visando testes, promovendo um ajuste da tecnologia ao longo de todo o processo”.

O produtor rural e diretor do Sindicato Rural de Campo de Verde, Alexandre Lopes, disse que o evento é uma ótima oportunidade para o produtor. “Essa área que nós atuamos é carente e dependente de tecnologia. Acredito que o uso de tecnologia no nosso sistema de produção vai fazer com que a gente sempre ganhe, mas muitas vezes não sabemos onde estão essas tecnologias e nem que elas existem, nesse ponto o Conexão AgriHub vem nos ajudar de forma fantástica, pois traz as soluções que mais precisamos até nós”.

A diretora da Farmbox, Ivana Manke, saiu satisfeita do Conexão. “Ficamos muito felizes em participar porque acreditamos que a troca de informações é o melhor caminho para poder levarmos as nossas soluções aos produtores. O produtor de Campo Verde foi muito receptivo, questionador e está disposto a saber como podemos ajudá-los”.

PROGRAMAÇÃO –Os próximos municípios a receberem o Conexão AgriHub serão Água Boa (16/08), Campo Novo do Parecis (23/08) e Sorriso (31/08).