África ultrapassa 10 mil casos confirmados do novo coronavírus

Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Ilustrativa

Fora do radar da pandemia do coronavírus (Covid-19) em um primeiro momento, a situação na África começa a causar preocupação.

Nesta terça-feira (07) o continente ultrapassou a barreira de 10 mil casos confirmados, mas especialistas acreditam que o número real deve ser muito maior por conta da dificuldade para a realização de testes.

O crescimento recente nos números oficiais se deve pela nova estratégia da África do Sul para encarar a doença, que aumentou consideravelmente o número de avaliações. Quase 20% dos infectados no continente se encontra em terras sul-africanas.

O país também está vivendo o 12o de um total de 21 dias sob um forte regime de quarenta.

“A pandemia de coronavírus pode ser devastadora para o já frágilizado sistema de saúde na África”, declarou o escritório de assuntos humanitários da ONU em comunicado oficial.

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, 1 milhão e 407 mil pessoas foram infectadas pela doença em todo o mundo, com 80.759 mortes confirmadas até o momento.