Adonias nega adesão a grupo e diz que vai seguir decisões de Janaína e Bezerra

Adonias nega adesão a grupo e diz que vai seguir decisões de Janaína e Bezerra

O vereador Adonias Fernandes (MDB) declarou ontem ao Primeira Hora que não aderiu ao grupo de oposição ao prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) e que tem compromisso com a atual gestão até do dia 31 de dezembro do ano que vem.

Apesar de ter afirmado que não aderiu ao grupo, o vereador reconheceu que esteve na reunião realizada no sábado (26) com representantes de partidos que devem formar um arco de alianças para disputar as eleições contra o prefeito.

Adonias explicou que antes estava em uma reunião para debater a Santa Casa e logo após foi chamado para participar desse encontro com os líderes de oposição. “Estavam todos os políticos e eu como sou político participei, mas não foi só a sucessão que foi debatida lá e sim muitas coisas, houve muita conversa sobre política”, disse.

O vereador ainda deixou claro que o MDB não vai antecipar a discussão de apoio 2020 e que a decisão vai ocorrer somente no ano que vem, às vésperas das convenções. Adonias disse que a posição dele vai depender do que pensa da deputada estadual Janaína Riva e do deputado federal Carlos Bezerra. “Vou seguir o que ele determinarem”, disse o parlamentar.

Ele está sendo cotado nos bastidores para ser vice do ex-prefeito Adilton Sachetti (PRB), caso ele se candidate ou vice do atual prefeito Zé do Pátio, em uma outra composição. O partido, por outro lado, pode lançar candidato próprio, no caso Thiago Silva.

COMPOSIÇÃO– O MDB ocupa cargos estratégicos dentro da gestão do prefeito Zé do Pátio. Além de ter a secretaria de Trânsito, que é comandada por Rodrigo Metelo, a sigla ainda tem cargos no segundo e terceiros escalões da atual gestão.

Leia mais sobre o assunto:

Thiago Muniz não recua e diz que Pátio pode ter mais do que um adversário dependendo do “juízo” do grupo

Com Sachetti, grupo de oposição faz nova reunião e avalia pesquisas em Rondonópolis

Noticias Relacionadas