Secretária de Assistência Social participa de ato em Defesa do Orçamento do Suas

Secretária de Assistência Social participa de ato em Defesa do Orçamento do Suas

A secretária municipal de Promoção e Assistência Social, Marcia Rotili está em Brasília participando da Confederação Nacional de Municípios (CNM) debatendo sobre a recomposição do Orçamento Federal da Assistência Social para o exercício de 2019 com o intuito de não perder a verba necessária para os projetos sociais de Rondonópolis.

O governo federal encaminhou uma proposta com um corte de aproximadamente R$ 46,5 bilhões no orçamento da Assistência Social.

Dessa forma, Rondonópolis sofrerá uma redução de metade dos 7.050 beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que atende pessoas com deficiência e idosos, além do corte pela metade dos auxílios do Programa Bolsa Família (PBF).

Os serviços ofertados pela rede de assistência social também serão prejudicados, como no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), uma vez que esses recursos entram mensalmente na economia do município. Por isso, diversos gestores municipais de assistência social de todos os estados estão cumprindo agenda durante esta terça e quarta-feira (6 e 7) na capital brasileira.

A primeira reunião foi de forma ampliada da Diretoria do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) em defesa do Sistema Único de Assistência Social (Suas) junto com Saúde e Educação, seguido de uma reunião com o Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades de Proteção e Defesa da Criança e do Adolescente (Fonacriad). Finalizando o dia com uma reunião com a Frente Nacional de Prefeitos.

O ato em Defesa do Orçamento do Suas está ocorrendo dentro da Câmara dos Deputados desde terça-feira, na intenção de sensibilizar os parlamentares e alcançar os valores necessários à recomposição do orçamento. Haverá no local, uma reunião com a Comissão Mista de Orçamento como encerramento das agendas em Brasília.