Palestras técnicas abrangem controle de doenças, manejo e uso de biotecnologias

palestras técnicas abrangem controle de doenças, manejo e uso de biotecnologias

Além dos temas ligados a cadeia de proteína animal e a Agricultura Familiar, o Show Safra BR 163 abre sua programação de palestras técnicas, nesta terça-feira (20), debatendo os desafios para o controle de doenças, com a presença do engenheiro agrônomo, Ph.D. em Fitopatologia e professor da Universidade de Passo Fundo (UPF/RS), Carlos Forcelini e do engenheiro agrônomo e Mestre em Fitopatologia, Luis Henrique Carregal (FESURV).

Os avanços e desafios no manejo de plantas daninhas é o tema técnico de quarta-feira (21), o Dr. em Agronomia, Fernando Adegas e o Mestre em Fitotecnia e professor da Universidade Estadual de Maringá (UEM/PR), Rubem Silvério de Oliveira Junior comandam as discussões em torno do tema.

De acordo com Adegas, nos últimos anos o produtor está tendo que lidar com determinadas espécies de plantas daninhas que não eram tão presentes anteriormente, como é o caso da buva, capim amargoso e o pé-de-galinha, situação resultante do aumento de plantas resistentes ao glifosato. Entre as maiores dificuldades para o produtor está a prevenção da entrada da planta nas lavouras ou propriedade e quando há infestação não se consegue fazer o controle adequado. “A maioria dessas plantas foram levadas para Mato Grosso em máquinas colheitadeiras que vieram do Sul. Então o produtor precisa tomar cuidado com o trânsito dessas máquinas de uma propriedade para outra. Além disso, muitas vezes essas plantas estão na beira da estrada, por isso a necessidade de se manter os corredores limpos”, ressalta o pesquisador.

Na quinta-feira (22), o Show Safra BR 163 aborda o impacto do uso de biotecnologias no manejo de pragas. O Doutor em Ciências Agronômicas e professor da Universidade do Norte do Paraná (UENP), Silvestre Bellettini e o Dr. em Agronomia e pesquisador da Fundação Chapadão, Germison Tomquelski falam sobre o tema. “Algumas pragas tem aumentado como a mosca branca e percevejos, que são o problema número um no Brasil, além de algumas espécies de lagartas. Vamos discutir ainda o uso de biotecnologias no sistema de produção soja e milho, mudança na presença da vaquinha e na cigarrinha no milho, que vem incorrendo em algumas áreas”, complementa Tomquelski.

O clico de palestras técnicas se encerra com o debate em torno das técnicas de manejo em soja de alto rendimento, na sexta-feira (23), com a participação do pesquisador da Fundação Rio Verde Fábio Pittelkow, do engenheiro agrônomo do grupo GGF, Gilberto Sander e do engenheiro agrônomo da PA Consultoria, Paulo Assunção.

O Show Safra BR 163 será realizado de 20 a 23 de março, na Fundação Rio Verde, em Lucas do Rio Verde (MT).

Confira a programação completa

Dia 20/03 – Terça-feira

08h – Abertura dos Portões

09h – Auditório: Mesa Redonda – Bovinocultura – Acrimat

Evolução da produção de carne bovina em Mato Grosso – Luciano de Souza Vacari – Diretor Executivo da Acrimat

Eficiência do DDG na alimentação de bovinos de corte – Prof. Dr Ricardo Andrade Reis – UNESP Jaboticabal

Case Novapec – Dr Welton Batista Cabral – II – Case Fazenda Santo Antônio do Jauru – Amarildo Merotti – Cáceres

13h – Auditório: Mesa Redonda – Desafios para o controle de doenças

Carlos Forcelini – UPF

Luis Henrique Carregal – FESURV

16h30 – Ferrovias: A solução logística para Mato Grosso – Guilherme Quintella

18h – Ato Solene de Abertura

Dia 21/03 – Quarta-feira

08h – Abertura dos Portões

09h – Auditório: Mesa Redonda – Avicultura – BRF/APPA

Controle de Salmonella em Frangos de corte – Marcos Dae Pra BRF

Ambiência em Frango de corte – Rafael Castro BRF

Uso de Alimentos Alternativos na Produção de Frangos – Paulo Antonio Junqueira – Produtor Rural

Mercado de Carnes Situação Atual e Perspectivas Futuras – Adolfo Fontes – Rabobank

13h – Auditório: Mesa Redonda – Avanços e desafios no manejo de plantas daninhas

Fernando Adegas – EMBRAPA/LONDRINA

Ruben de Oliveira Jr. – UEM Maringá

19h – As explicações do Brasil – Marco Antonio Villa – CBN/Jovem Pan

Dia 22/03 – Quinta-feira

08h – Abertura dos Portões

09h – Auditório: Mesa Redonda – Suinocultura – Acrismat

Tendências no Mercado da Carne Suína – Jurandi Machado

Gestão Ambiental na Suinocultura – Limite de uso e sistema de monitoramento – Marco Santos

Sanidade Suídea e Gestão na Embrapa – Janice Zanella

Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste – Edimilson Alves – Sudeco

13h – Auditório: Mesa Redonda – Impacto do uso de biotecnologias no manejo de pragas.

Silvestre Bellettini – UENP

Germison Tomquelski – Fundação Chapadão

17h45 – Cerimônia de entrega do Mérito “O SEMEADOR”

18h – Do Milho ao Plástico Biodegradável: os avanços na Biotecnologia. – Henrique Ubrig – FS Bioenergia

19h – “Como as máquinas aprendem?” – Fabio Gandour – IBM

Dia 23/03 – Sexta-feira

07h30 á 11h – Auditório Amazônia: V Fórum Agricultura Familiar

Criação de pequenos Animais – Natasha Caminha – Empaer/MT

Mandioca: Cultura e Agroindustrialização – Lindelzi Lima – Empaer/MT

Cooperando para o desenvolvimento local – Walter Luiz Heck

08h30 às 11h – Auditório Cerrado: Agricultura Digital – Como posso começar agora?

Otavio Celidonio – Superintendente Senar/MT

Daniel Latorraca – Superintendente IMEA

Rafael Kümmel – Produtor Rural

13h – Auditório: Mesa Redonda – Técnicas de manejo em soja de alto rendimento.

Fabio Pittelkow – FRV

Gilberto Sander – GGF

Paulo Assunção – PA Consultoria

17h30 – Auditório:- Debate “Plano Agrícola e Pecuário – Propostas para 2018/2019” – Ministério da

Agricultura, Pecuária e Abastecimento, instituições financeiras e entidades do agronegócio.

19h – O Futuro do Agro – Paulo Herrmann (Presidente John Deere America Latina) e Tarcísio Hübner (Vice Presidente Agro Banco do Brasil)