Xuxu Dal Molin requer liberação de R$ 159 milhões para combater incêndios

Ministro do Meio Ambiente esteve em Mato Grosso na quarta-feira e recebeu a demanda do parlamentar.

Xuxu Dal Molin requer liberação de R$ 159 milhões para combater incêndios
Foto: KATIANA PEREIRA

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) acompanhou a passagem do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, no município de Sorriso (398 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (21), e entregou um ofício requerendo a liberação de R$ 159 milhões para execução do projeto Amazônia Legal Protegida Mato Grosso, que está na segunda etapa e precisa ser implementada nos próximos anos.

Conforme o parlamentar, os recursos serão destinados à aquisição de um helicóptero exclusivo, que será utilizado no combate a incêndios, bem como a aquisição de um avião de monitoramento, 100 veículos de apoio terrestre e capacitação de pessoal de auxílio nas forças-tarefas de combate a incêndios.

Dal Molin justificou que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso, por meio do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), atua na prevenção e no combate de incêndios florestais. O batalhão tornou-se uma referência para o Brasil ao completar 99,64% da 1ª etapa do Programa de Combate a Incêndios.

“O trabalho que essa equipe faz é algo que nos dá orgulho, mas muito trabalho ainda necessita ser realizado. Precisamos desse aporte para dar continuidade às ações, que são indispensáveis para a proteção da Amazônia Legal. Fizemos um pedido de urgência, tendo em vista que as queimadas prejudicam o desenvolvimento do setor produtivo, a saúde da população e a fauna e flora deste estado tão pujante”, pontuou o deputado, que coordenou a implantação da 1ª Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais na Amazônia, localizada em Sorriso.

O ofício entregue ao ministro informa ainda que os recursos também serão utilizados na criação do Centro de Apoio Logístico Contra Incêndios Florestais do Sul da Amazônia (Califa). “O Califa terá como foco principal o armazenamento de equipamentos e materiais que darão suporte às ações de combate ao fogo, para favorecer toda a logística necessária ao atendimento”, destacou Xuxu Dal Molin.

Em resposta ao pedido do parlamentar, o ministro disse que é necessário fazer união de esforços nessa causa e também evitar desperdício de recurso público. “É extremamente correto fazer o investimento correto como foi feito aqui. Nós temos em todo país problemas de restrições orçamentárias, portanto aquilo que se investe tem que ter resultado eficiente, gerar relatório e mensurar como é que está sendo trabalhado o recurso público. Esse é um exemplo importante pra toda a região da Amazônia e que merece não só o apoio do governo do estado, que já é dado, mas também do governo federal e dos municípios. É preciso fazer uma união de esforços”, disse o ministro Ricardo Salles.