Virginia Mendes, Madrinha dos Povos Indígenas, Recebe Homenagens na Inauguração de Escola na Aldeia Meruri

Picture of Unaf

Unaf

Os padres da Missão Salesiana 19º inspetor e presidente da MSMT, padre Ricardo Carlos; o padre Andelson Dias e o padre responsável pela missão na aldeia Meruri, Ângelo César. - Foto: Jana Pessôa/Unaf

Virginia Mendes, Madrinha dos Povos Indígenas, Recebe Homenagens na Inauguração de Escola na Aldeia Meruri

Compartilhe:

Na visita desta terça-feira (07/05) à etnia Boe-Bororo na aldeia Meruri, localizada em General Carneiro, a primeira-dama de MT, Virginia Mendes, foi recebida para a inauguração da Escola Estadual Indígena Sagrado Coração de Jesus pela comunidade indígena com festa, apresentações e homenagens. O cacique geral, Osmar Aroenoguaijiwu, e sua esposa, Elitânia Leandro Araru Ekureudo; e os padres da Missão Salesiana 19º inspetor e presidente da MSMT, padre Ricardo Carlos; o padre Andelson Dias e o padre responsável pela missão na aldeia Meruri, Ângelo César recepcionaram a primeira-dama do Estado juntamente com a comunidade.

Logo na chegada, a primeira-dama Virginia Mendes foi recebida com a faixa com o idioma Boe-Bororo, “Tukutai Aredu Virginia Boe Jamedu Boeji”, em português “Gratidão por tudo Virginia”. Dos padres, ela recebeu o diploma e uma medalha “Mérito Dom Bosco”, em nome da família salesiana, como reconhecimento da sua significativa participação na Missão Salesiana.

Primeira -dama de MT, Virginia Mendes e pe. Andelson Dias – Foto: Jana Pessôa/Unaf

“Há 121 anos, a missão salesiana já ensinava com algumas limitações, mas já acontecia. Essa escola é uma grande conquista. Primeira-dama Virginia Mendes, o seu amor é completo, se tem algo mais expressivo que o amor é a educação”, disse o inspetor e presidente da 19º MSMT, Ricardo Carlos.

“Tenho uma alma indígena é assim que sinto. Estar nas aldeias é algo que gosto muito. Agradeço os padres por todo cuidado e atenção com os nossos irmãos. Receber o reconhecimento da Missão Salesiana é uma grande honra. Deus abençoe a todos”, agradeceu Virginia Mendes.

Virginia Mendes também recebeu uma medalha de ouro, presente da equipe de parajiu-jitsu de Barra do Garças, entregue pelo representante, jornalista Ronan de Sá. Recentemente, a equipe participou do 1º Campeonato Pan-Americano de Parajiu-jitsu Oficial da Federação Brasileira de Jiu-Jitsu Paradesportivo (FBJJP) em Manaus, AM. A convite da Associação Mato-grossense de Jiu-jitsu Paradesportivo (AMTJJP), Virginia Mendes é madrinha dos paratletas.

Jornalista Ronan de Sá e primeira-dama de MT Virginia Mendes com a medalha de ouro da equipe de Parajiu-jitsu de Barra do Garças. – Foto: Jana Pessôa/Unaf

Além das homenagens, a primeira-dama Virginia Mendes recebeu presentes com artesanatos e lembranças da comunidade indígena e convidados. A escola da comunidade indígena conta com 131 alunos matriculados. A unidade foi totalmente reformada e algumas partes construídas, sendo uma escola moderna, com tecnologia e mobiliário completo. Virginia Mendes, madrinha dos povos indígenas, foi responsável por articular a obra da escola junto à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), através do programa SER Família Indígena, idealizado por ela. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 4,2 milhões.

Foto: Jana Pessôa/Unaf

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp