Últimas vagas para crianças e jovens participarem do Hackathon

Evento proporcionará vivência de empreendedorismo e inovação para crianças e jovens

Foto: Patrícia Casali

Restam poucas vagas para crianças e jovens que desejarem participar do Hackathon. O evento é gratuito e está sendo promovido pela escola de tecnologia Happy Code. Esta é a primeira vez que acontece em Rondonópolis um evento de empreendedorismo e inovação voltado ao público infanto-juvenil. A maratona acontece neste sábado no auditório do Colégio Khalil Zaher, das 8 às 12 horas, e devem participar cem crianças e jovens entre seis e 16 anos.

A proposta desta edição do Hackathon é que os participantes apresentem a ideia de um game. O evento consistirá na apresentação de um problema para os participantes que serão organizados em equipes de até três componentes. Este problema deverá ser estudado dentro de uma metodologia do evento da Happy Code com acompanhamento de mentores. Ao final, cada equipe terá que apresentar para a banca avaliadora uma ideia de solução para um game. Tudo isso, com o tempo contado.

O evento terá início às 8 horas. Exatamente às 10h 45min começam as apresentações das ideias à banca avaliadora, em seguida os ganhadores receberão a premiação.

A edição de Rondonópolis está inserida no calendário nacional de Hackatons e os vídeos dos vencedores serão encaminhados para Campinas (SP) onde acontece a grande final nacional no dia 6 de dezembro.

A diretora da Happy Code, Nagia Zaher, destaca que hoje a tecnologia está na rotina das crianças e esse processo deve ser positivo, agregar valores na vida dos pequenos. E conta que eventos como estes vem justamente para melhorar as habilidades das crianças e dos jovens.

“Os participantes precisam apresentar uma ideia para a solução do problema, são desafiados e precisam sair da zona de conforto, precisam conversar com os colegas, trabalhar em equipe, ouvir, ceder, construir uma proposta, um discurso e depois todos têm que apresentar a ideia para uma banca avaliadora. É um processo muito rico para o desenvolvimento de várias habilidades”.

Alguns dos participantes já trabalham com a metodologia e inclusive já fazem programação de games na Happy Code. Quem visita a escola, se depara com mini robôs, games e projetos de meio ambiente e segurança com codificação de placas feitos pelos alunos. “Aprender tecnologia hoje é uma necessidade já que esta é a tendência do futuro”, conclui Nagia.

Ainda há vagas. A inscrição é realizada pelo site www.sympla.com.br, escolha a cidade Rondonópolis e o evento Hackathon.