Teti faz reunião com lideranças de bairros e pré-candidatos a vereador da Federação em Rondonópolis

Lucas Perrone

Lucas Perrone

Teti faz reunião com lideranças de bairros e pré-candidatos a vereador da Federação em Rondonópolis

Na noite da última sexta-feira (01), o assessor especial do Ministério da Agricultura e Pecuária e pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Carlos Augustin, o Teti, se reuniu na sede do Diretório Municipal da sigla com lideranças de bairros e pré-candidatos a vereador da Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PC do B). O encontro contou a condução dos trabalhos do presidente municipal do PT, Wendell Girotto e também do vereador Junior Mendonça (PT), presidente da Câmara de Vereadores de Rondonópolis.

Segundo Wendell Girotto, o momento é propício para se iniciar o planejamento com vistas às eleições municipais do ano que vem, e também aproveitar o encontro para que as lideranças e pré-candidatos tenham uma aproximação junto ao pré-candidato a prefeito do partido. “É um processo que estamos construindo com a Federação, PT, PV e PC do B, para os desafios do ano que vem. Então estamos nos processos de formação, construção e discussão sobre estas novas regras do processo eleitoral, explicando o que pode e o que não pode nesta pré-campanha para nossos candidatos. Também para que o Teti tenha este contato com estas lideranças para que possamos fazer um processo mais igualitário, pois hoje ouvimos lideranças comunitárias, publico LGBTQIAPN+, Movimento Negro, enfim, tivemos uma reunião bem plural com muitas lideranças”, explicou.

Durante a reunião, Teti atualizou os presentes sobre as ações mais recentes do Governo Federal e ouviu demandas das lideranças de bairros e comunidades. “Muito importante este tipo de conversa com o pessoal que está na ponta e em contato com a comunidade e ouvir deles se os projetos do Governo Federal estão chegando à população que precisa. A gestão do presidente Lula vem trabalhando forte com o Desenrola Brasil para que os brasileiros possam quitar suas dívidas e também nas áreas de moradia, direitos humanos, saúde e educação”, pontuou.

+ Acessados

Veja Também