Sicredi realiza 6º Encontro Estadual do Programa A União Faz a Vida

mais de 158 mil veículos devem passar pela br-163 durante o réveillon


Gestão Escolar Democrática, Boas Práticas, Transformar o Mundo…Brincando, Acontece em Todo Lugar são os temas que vão nortear o 6º Encontro Estadual do Programa A União Faz a Vida, que será realizado em Cuiabá nos dias 28 e 29 de junho, no hotel Gran Odara. O programa é a principal iniciativa de responsabilidade social do Sistema Sicredi, cujo objetivo é a vivência dos princípios de cooperação e cidadania, por meio de práticas de educação cooperativa, contribuindo com a educação integral de crianças e adolescentes. Em 2017, o programa completa 22 anos.

Em Mato Grosso, o Programa A União Faz a Vida é desenvolvido por oito cooperativas e atende 23 municípios, sendo que em outros três está ocorrendo a articulação para a implantação do Programa. Cerca de 70 mil crianças e adolescentes são atendidos, através do envolvimento de 3.743 educadores de 221 escolas, que juntas, contabilizam a realização de 2.196 projetos. Ao todo são mais de 50 apoiadores.

E para celebrar a grandiosidade deste programa e marcar mais um ano de realizações e de novos projetos, a Central Sicredi Centro Norte realiza a 6ª edição do Encontro Estadual em Cuiabá, promovendo a reunião e a integração da rede de compromisso do programa. O evento será realizado em dois dias e o tema deste ano é “Um Espetáculo de Programa”, que pretende mostrar que cada agente desta rede é um instrumento que colabora para que o programa A União Faz a Vida seja um verdadeiro espetáculo de cooperação e cidadania, por meio da educação. Afinal, educar também é uma arte.

Na noite do dia 28, o coquetel de abertura terá a palestra “Gerenciamento de Mudanças – Educação & Carreira”, por Max Gehringer, administrador de empresas, comentarista do programa Fantástico, da Rede Globo, e da rádio CBN. Ele é autor de vários livros como “Comédia Corporativa”, “Emprego de A a Z” e “Aprenda a Ser Chefe”. São esperadas cerca de 350 pessoas, entre educadores, secretários municipais de Educação e apoiadores, além de representantes do Sistema Sicredi na região, diretores e acreditadores. Também será feita uma homenagem das cooperativas aos secretários de Educação e aos facilitadores, quereceberão um troféu representando por uma miniviola de cocho, que é símbolo da cultura regional.

No dia 29, o público está estimado em 550 convidados, incluindo mais 200 professores, que ao longo de todo o dia assistirão a uma série de palestras de profissionais renomados na educação brasileira(ver programação completa abaixo), uma oportunidade de conhecimento e aprendizado para os agentes fomentadores da cooperação e da cidadania nas instituições de ensino.

O presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Carlos Spenthof, reforça que esta é a maior iniciativa de responsabilidade social do Sistema Sicredi e que gera números cada vez mais preciosos para a região. “Mas, os resultados de nossos esforços não estão só nos números. Está também no protagonismo de cada jovem que entende seu papel na sociedade e cresce consciente de seu valor e de suas capacidades”. Ele acrescenta ainda que os reflexos disso são sentidos no dia a dia da sociedade, que ganha cidadãos mais bem preparados para fazer a diferença na sua cidade. “Entre os resultados estão também a oportunidade de esses jovens atuarem de forma mais igualitária no mercado de trabalho, transformando para melhor os seus destinos”.

A gerente da Fundação Sicredi, Cristiane Nogueira do Amaral, ressalta que contribuir para a construção de um mundo melhor por meio da educação cooperativa é uma preocupação constante do Sicredi, que vai além do ambiente das cooperativas e ganha as comunidades onde estão presentes. “Entendemos que a educação, um dos princípios universais do cooperativismo, é uma maneira eficiente de promovermos a cooperação, a cidadania e uma postura empreendedora entre crianças e jovens. Para colocar este objetivo em prática, o Sicredi desenvolveu, há 22 anos, o Programa A União Faz a Vida, que estimula o protagonismo dos estudantes por meio de projetos cooperativos”, diz emendando que, “investir em educação é investir no desenvolvimento das comunidades onde estamos inseridos”.

Programação

Dia 28

19h30– Abertura do evento com a apresentação de “O Menestrel (Willian Shakespeare”, pelo professor Mauro Gonçalves da Silva, da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat).

20h- A homenagem das cooperativas aos secretários municipais de Educação e facilitadores.

20h30- Palestra “Gerenciamento de Mudanças – Educação & Carreira”, por Max Gehringer, administrador de empresas, comentarista do programa Fantástico da Rede Globo e da Rádio CBN. Autor de vários livros como “Comédia Corporativa”, “Emprego de A a Z” e “Aprenda a Ser Chefe”.

21h30- Encerramento

Dia 29

8h– Abertura do evento

8h20- Apresentação de “O Menestrel (Willian Shakespeare”, pelo professor Mauro Gonçalves da Silva, da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat).

8h30– Palestra “Gestão Escolar Democrática”, por Vitor Paro, professor titular “Colaborador sênior” da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), onde exerce a docência, a pesquisa e coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Administração Escolar (Gepae). Foi administrador sênior da Fundação Carlos Chagas e professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É autor de vários livros como “Administração Escolar: Introdução Crítica”, “Gestão Democrática da Escola Pública”, “Por Dentro da Escola Pública”, “Educação Como Exercício do Poder”, “Crítica da Estrutura da Escola” e “Diretor Escolar: Educador ou Gerente?”.

10h– Intervalo

10h20– Painel “Um Espetáculo de Boas Práticas”, tendo como mediadora Cristiane de Oliveira Biscaíno. Participarão do painel a coordenadora local do Programa a União Faz a Vida, Simone Pereira Borges; além da secretária municipal de Educação de Itanhangá, Suzana Bess; da diretora Vanilza Franco Pickler e do professor Sérgio Roberto Lima de Oliveira.

12h– intervalo para almoço

13h30– Palestra “Transformar o Mundo…Brincando”, por Edgard Gouveia Júnior, arquiteto e urbanista, pós-graduado em Jogos Cooperativos. Dedica sua vida a mobilizar pessoas para que coloque a mão na massa com o objetivo de transformar o mundo num lugar melhor. É palestrante em diversos TEDX e consultor internacional na Europa, América do Norte e Ásia, onde aplica tecnologias sociais como World Café, Open Space, Danças Circulares, Comunicação não Violenta e Jogo Oásis.

15h– Intervalo

15h20– Palestra “Acontece em Todo Lugar”, por Sebastião Rocha, idealizador e diretor-presidente do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD), criado em 1984, em Belo Horizonte (MG). Também é idealizador e diretor-presidente do Banco de Êxitos S/A – Solidariedade e Autonomia – criado em 2003, também na capital mineira.

17h– Apresentação musical do grupo Alma de Gato

17h30- Encerramento

Saiba mais sobre o Programa

O Programa A União Faz a Vida, principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi,foi desenvolvido em 1995 para ampliar o conhecimento das comunidades sobre o cooperativismo e a natureza das sociedades cooperativas. Sua proposta foi construída a partir de exemplos internacionais e da parceria com o Centro de Desenvolvimento e Pesquisa sobre Cooperativismo, da Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos – São Leopoldo/RS). Os projetos cooperativos são desenvolvidos pelos alunos nas escolas, com o apoio de educadores, dos pais e da comunidade.

O objetivo do Programa A União Faz a Vida é promover atitudes e valores de cooperação e a cidadania por meio de práticas de educação cooperativa. Busca contribuir para a educação integral de crianças e adolescentes em âmbito nacional comuma metodologia própria que instiga o protagonismo do aluno.

A metodologia do Programa proporciona espaços de aprendizado ao aluno e os torna protagonistas do conhecimento por meio de projetos educacionais cooperativos. Ele transforma o papel dos alunos nas salas de aula e contribui para a inserção de um cidadão mais cooperativo e disposto a empreender coletivamente em favor de uma vida melhor para todos, iniciando nas comunidades onde estão inseridos.

O Sicredi, em parceria com uma instituição de ensino superior ou assessorias educacionais especializadas, disponibiliza aos educadores a formação continuada, que é realizada por meio de encontros orientados pelos assessores pedagógicos e intensificadas, no universo educacional do município, com as práticas de cooperação e cidadania.

Em todo o país, o programa atende 219.866 crianças e adolescentes e envolve 18.743 educadores que atuam em 1.428 escolas, localizadas em 274 municípios, e contam com o apoio de 61 cooperativas do Sistema Sicredi. O número de projetos realizados chega a 6.601.