Secretário de Saúde cobra vacinas e diz que Rondonópolis está preparada para receber a Pfizer

Wheverton Barros - Gcom

O secretário Municipal de Saúde, Vinicius Amoroso, esteve nesta segunda-feira (3) reunido com a secretária Estadual de Saúde em exercício, Danielle Carmona, cobrando mais vacinas para Rondonópolis. O encontro aconteceu na sede Secretaria de Saúde, em Cuiabá.

A Secretária Municipal de Saúde já havia comunicado a de Estado por meio de ofício que Rondonópolis estava sem doses da Coronavac para fazer a imunização da segunda dose em mais de 4 mil pessoas e ontem o secretário reforçou o pedido de atenção do Estado para enviar doses ao município.

Vinícius também informou ao Estado que Rondonópolis está pronta para receber a vacina Pfizer . “Já temos o super freezer, para acondicionar o imunizante nas temperaturas indicadas pelo fabricante, e a nossa equipe de saúde já foi treinada para fazer a imunização”, disse o secretário.




Apesar do pedido, Danielle Carmona, explicou que essa primeira remessa da Pfizer o Ministério da Saúde enviará apenas para capital, que serão apenas 7 mil doses, mas que a segunda remessa que deve ser em maior quantidade, será enviada aos municípios de Mato Grosso, independente de ter ou não super freezer.

Segundo a secretária estadual, as doses da Pfizer será enviada em um reservatório que poderá ser armazenado a -20°C e que depois de aberto fica 5 horas sem perder o efeito.

Sobre a Coronavac, Carmona, informou que estão vindo poucas doses e que hoje Rondonópolis receberia mais algumas vacinas, porém que apenas a partir da semana que vem que o Ministério da Saúde deve enviar uma quantidade maior e que a orientação é que a imunização das pessoas com atraso na 2ª dose seja prioridade.