Rondonópolis perde R$ 228 mil do Ministério da Saúde por não executar recursos no prazo determinado

Rondonópolis perde R$ 228 mil do Ministério da Saúde por não executar recurso no prazo determinado

Foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 22 de novembro, a lista de Estados e Municípios que receberam recursos referentes a parcela única de incentivo de implantação dos dispositivos que compõem a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), e não executaram o referido recurso no prazo determinado nas normativas vigentes.

Rondonópolis deixou de executar quatro recursos, que juntos somam R$ 228.000,00.

O primeiro para a Unidade de Acolhimento Adulto – UAA, o segundo para o CAPS III, o terceiro para o CAPS AD III – enfrentamento ao crack e outras drogas e o último para implantação de leitos de saúde mental (PI) – RSM-RSME.

A lista apresenta os Estados e Municípios que receberam recursos referentes a parcela única de incentivo de implantação dos dispositivos que compõem a RAPS no período de 2005 a 2017.

Além de Rondonópolis, as cidades de Cuiabá, Cáceres, São Antônio do Leverger e Querência, também perderam os recursos.

Veja a lista completa.