PSDB e Podemos podem compor com Pros para disputar Prefeitura em 2020

Grupo busca união para disputa em 2020



O grupo do PSDB e Podemos, que devem marchar juntos no processo eleitoral do ano que vem, os partidos devem ganhar mais um reforço, trata-se do Pros, que está em processo de aproximação para a formação de uma aliança de oposição ao prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) que disputa a reeleição.

Na quinta-feira (5), os partidos fizeram uma reunião para debater a possibilidade de aliança com vistas a disputa. O Pros conta em seus quadros municipais com um grupo de empresários ligados à Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (Acir) e Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) e projeta lançar como pré-candidato o empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão.

Por outro lado, o PSDB tem como pré-candidato o vereador Rodrigo da Zaeli. Os tucanos, que inclusive ocupavam cargos na gestão do prefeito Zé do Pátio, anunciou no começo do mês um rompimento com a gestão e inclusive entregou cargos que ocupava. A exceção foi o secretário de Gestão de Pessoas, Argemiro Ferreira, que foi convidado pelo prefeito a permanecer no cargo e decidiu pedir desfiliação do PSDB.

O Podemos, apesar de não divulgar, pode ainda apresentar como pré-candidato o deputado federal José Medeiros, que foi o mais votado nas eleições passadas para o cargo no município. A sigla também aposta em Valdir Corrêa, como estrategista para a disputa. Corrêa era um dos estrategistas da campanha vitoriosa do prefeito Zé do Pátio em 2016. No entanto,ele rompeu com Pátio depois das eleições de 2018, quando tentou,  sem sucesso uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.