Projeto da UFMT em Lucas já tramita no MEC

O sonho de ter o diploma de uma Universidade Federal está cada vez mais perto de ser realizado para os estudantes de Lucas do Rio Verde. Depois da chegada da Unemat, o processo para implantação do campus da UFMT foi protocolado, nesta terça-feira (29.09), no Ministério da Educação, em Brasília.

Na reunião, o prefeito Luiz Binotti entregou o projeto arquitetônico,  pedagógico (cursos previstos), e o pesquisa de demanda de curso superior.

“A chegada da UFMT será a realização de um sonho de décadas da sociedade luverdense e vai contemplar nosso município com mais uma universidade pública e gratuita. Avançamos a passos largos na consolidação de Lucas do Rio Verde como a cidade do conhecimento”, disse Binotti.

A secretária de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, lembra que a tramitação do processo, dentro da UFMT, vem desde 2018 e já foram cumpridos todos os protocolos que o MEC exige. “Estamos trabalhando tecnicamente nisso há anos e ontem foi, de fato, dada a largada”.

Ela explica que o projeto apresentado prevê a implantação de três cursos iniciais a partir de uma
pesquisa de mercado e de demanda social da região encomendada pelo Poder Executivo.

“Assim, temos três cursos propostos priorizados, que são engenharia de produção agroindustrial, administração e ciência da computação e temos ainda mais sete cursos que, ao longo do tempo, poderão ser implantados”, observa.

Depois de aprovado pelo MEC, o projeto segue para o Ministério da Economia e o Congresso Nacional para aprovação e definição de orçamento.

Lucas do Rio Verde já oferece formação e capacitação profissional de jovens e trabalhadores através dos cursos do IFMT, Senai, Sesi, Sebrae e Escola Técnica de Mato Grosso. No Ensino Superior são ofertados cursos gratuitos pela Unemat (que chegou no município há um ano), e também pela Uab (particular).

O líder da bancada, deputado federal Neri Geller e o senador Wellington Fagundes conduzirão juntos a tramitação do processo em Brasília.