Policial penal age rápido e impede que celulares sejam lançados em unidade de Rondonópolis

A servidora, que estava na torre de vigilância, percebeu a aproximação de um indivíduo e realizou disparos

Policial penal impede que celulares e acessórios sejam lançados na Mata Grande - Foto por: Sistema Penitenciário

A ação rápida de uma policial penal da Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis, impediu que aparelhos celulares e acessórios eletrônicos fossem lançados para dentro da unidade. O fato ocorreu na madrugada desta terça-feira (20.10).

Por volta de 1h40, a policial penal que estava na torre de vigilância da Penitenciária avistou um indivíduo próximo ao alambrado, entre as torres 3 e 4, no lado externo da unidade. Ela efetuou, então, quatro disparos a fim de conter a ação de aproximação.

Uma viatura se deslocou ao local, mas não conseguiu capturar a pessoa suspeita. Já pela manhã, com melhor visualização da área, policiais penais retornaram e encontraram três aparelhos celulares da marca Samsung, seis chips e um fone de ouvido.