Polícia Civil prende mulher apontada como quarta envolvida em morte​s de motoristas de aplicativo

Picture of Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Foto: Polícia Civil-MT

Polícia Civil prende mulher apontada como quarta envolvida em morte​s de motoristas de aplicativo

Investigada solicitou as corridas pelo aplicativo e também seria responsável pela venda dos veículos

Compartilhe:

Uma mulher, apontada como a quarta pessoa envolvida nos crimes que vitimaram três motoristas de transporte por aplicativos, foi presa na tarde desta sexta-feira (19.04), pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O mandado de prisão contra a investigada de 25 anos foi decretado pela Quinta Vara Criminal de Várzea Grande, após avanço das investigações da DHPP que apontaram o envolvimento dela nos crimes.

Após a prisão do adulto e dos menores envolvidos, foi descoberta a participação da mulher como a pessoa responsável por solicitar as corridas por meio do aplicativo e também como quem posteriormente arrumaria os compradores para os veículos subtraídos das vítimas.

Com base nos fatos apurados, no início da semana foi representado pelo mandado de prisão contra a investigada, que foi deferido pela Justiça e cumprido no final da manhã desta sexta-feira (19) pela equipe da DHPP e está sendo interrogada sobre os fatos.

Latrocínios

Márcio Rogério Carneiro, 34 anos; Elizeu Rosa Coelho, 58 anos e Nilson Nogueira, de 42 anos, desapareceram entre 11 e 14 de abril, após saírem de casa para trabalhar no período noturno nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande.

Após a prisão e apreensão dos envolvidos, os policiais civis localizaram os corpos de duas vítimas, Márcio e Elizeu, no bairro Jardim Petrópolis e em um lixão próximo do Capão do Pequi, ambos em Várzea Grande. Já o corpo de Nilson foi localizado na manhã desta terça-feira em uma área no distrito de Bonsucesso, na mesma cidade.

O adulto de 20 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas, por restringir a liberdade das vítimas, grave ameaça com emprego de arma branca e resultado morte; ocultação de cadáver e corrupção de menores.
Os dois adolescentes, ambos de 15 anos, foram autuados por atos infracionais análogos aos crimes de roubo majorado e ocultação de cadáver.

A equipe da DHPP identificou ainda uma quarta vítima do trio, que foi sequestrada na quarta-feira da semana passada, da mesma forma que os motoristas mortos foram abordados, mas conseguiu escapar.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp