PM prende três suspeitos de roubo, ameaça e tentativa de incêndio em fazenda

Todos os produtos roubados foram recuperados na ação policial - Foto por: Batalhão de Trânsito/PMMT

Policiais do Batalhão de Trânsito prenderam três homens, identificados como R.O.S. (36 anos), A.F.M.D. (23) e L.M.D. (19), por roubo, ameaça de morte, tentativa de incêndio e danos. As prisões aconteceram de quarta-feira (04.12), em uma propriedade rural na região do Manso, a 13 km da rodovia MT-351.

Conforme o boletim de ocorrência, policiais do 3º Pelotão do BPTran, unidade que fica na rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, foram informados que indivíduos teriam ateado fogo na casa de uma fazenda. Os militares foram ao local onde as vítimas, três moradores da fazenda, relataram ter ouvido um barulho de arrombamento. Os moradores contaram que quando saíram da casa visualizaram dois dos suspeitos com faca e foice.

Na tentativa de se proteger, as vítimas  saíram correndo, porém foram perseguidas e ameaçadas de morte até a chegada na porteira da fazenda. Os suspeitos não conseguiram alcançá-los. Além de tentar incendiar a casa, o trio roubou vários objetos, entre os quais, equipamentos de som, telefone celular e botijões de gás de cozinha.

Com o apoio de várias viaturas, os policiais detiveram os três e recuperaram todos os materiais roubados. Os suspeitos estavam em uma área de um sítio próximo, perto de onde moram. Eles tentaram fugir a cavalo em animais de outra propriedade rural, mas foram cercados pelos militares antes de sumir na mata.

Os produtos roubados estavam no sítio dos suspeitos, encondidos em uma caixa d’água virada de boca para baixo. Os três foram encaminhados para a Central de Flagrantes do Cisc Verdão.

Batalhão de Trânsito

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939 (ligação gratuita). Nesse número, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.