Obra de hospital em Rondonópolis vira alvo de disputa

Primeira Hora

Primeira Hora

Área doada fica aos fundos da UFR

Obra de hospital em Rondonópolis vira alvo de disputa

A construção de um Centro de Diagnóstico do Câncer, ligado ao Hospital do Amor, virou motivo de preocupação para entidades e classe política envolvida no projeto. Dado como certo em Rondonópolis, o Centro de Diagnóstico já tinha local e recurso assegurado para ser construído. Contudo, a obra ainda não começou.

A construção é fruto de uma parceria. A Prefeitura de Rondonópolis fez a doação do terreno, o Governo do Estado assegurou o recurso de R$ 30 milhões para construção e o Hospital de Barretos ficou responsável pela obra. Contudo, um impasse surgiu: a Prefeitura de Rondonópolis doaria o terreno por meio de comodato de 30 anos, mas o Hospital do Amor pede a doação em definitivo.

No meio da disputa, surgiu a informação de que Primavera do Leste se interessou pelo projeto e ofereceu terreno de forma definitiva, incluindo os serviços de terraplanagem, o que gerou grande preocupação em Rondonópolis com a possibilidade de perder o Centro para a cidade vizinha.

Na última segunda-feira (27), uma reunião no Paço Municipal com as partes envolvidas na questão do terreno teria tido resultado positivo, com o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, concordando em doar o terreno de 20 mil metros quadrados de forma definitiva.

Agora, resta esperar que a promessa se cumpra e a cidade mais importante da região Sudeste, que é o polo regional da saúde, receba o Centro que é referência em prevenção e diagnóstico precoce do câncer no País.

+ Acessados

Veja Também