Nuvem de fumaça deixa área urbana de Rondonópolis cinzenta

O domingo em Rondonópolis amanheceu com uma grande nuvem de fumaça atingido praticamente toda a cidade; a situação começou a ficar mais crítica na noite de sábado, quando foi possível ver os primeiros focos sob a cidade.

A informação do fiscal do Meio Ambiente da prefeitura de Rondonópolis, Lindomar Alves é que foco começou Aldeia Tadarimana,  na sexta-feira por volta das 12 horas , o fogo, de acordo com Lindomar,  avança na mata sentido aldeia Jurigue.  “A Falta de chuva, aumento de temperatura com baixa umidade do ar, faz a mata secar, deixando-a suscetível a ação do fogo, podendo ser espontâneo ou até mesmo criminoso”, disse Lindomar ao Primeira Hora. 

Ele explicou que apesar de estar em isolamento domiciliar devido a ter contraído a Covid-19 está, mesmo isolado, acompanhando a situação.

Foto: Lindomar Alves

 

Ele explicou que existe equipe dos bombeiros na área combatendo o fogo, desde o dia que começou. “Vai precisar de um efetivo muito grande, o maleficio vai ser muito grande, devido às pessoas que estão com Covid”, disse. 

Agosto tradicionalmente o problema se agrava na região Sudeste de Mato Grosso.

Lindomar explica em vídeo a situação das queimadas em Rondonópolis.