Mulher morre baleada após usar arma como instrumento sexual; parceiro foi preso

Mulher morre baleada após usar arma como instrumento sexual; parceiro foi preso
Reprodução/Redes Sociais

A americana Paloma Williams, de 24 anos, morreu baleada pelo namorado Andrew Charles Shinault, de 23, enquanto faziam sexo em Valrico, na Flórida (EUA). O casal usava um revólver 9mm como instrumento sexual.

De acordo com a polícia do condado de Hillsborough, a mulher foi morta durante as preliminares, quando a arma estava na mão de Andrew. Ela foi ferida no peito, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital.

Em depoimento, o homem afirmou que ele e a jovem estavam sob o efeito de drogas. O caso aconteceu na casa de Andrew, os pais dele estavam na residência no momento do disparo e tentaram socorrer Paloma.

O casal estava namorando há apenas 15 dias. E, segundo o relato do suspeito, já haviam utilizado a arma em outros encontros sexuais.

O americano disse que esfregava o revólver no corpo da namorada quando apertou o gatilho e matou a jovem. Ele afirmou que acreditava que a trava de segurança estava acionada.

Andrew foi indiciado por homicídio culposo. A americana estava sob efeito de metanfetamina quando morreu.