MT Hemocentro comemora 27 anos com investimentos em equipamentos de alta precisão

Os equipamentos auxiliam na análise da qualidade do sangue doado e detectam, por exemplo, a existência de doenças como HIV, Hepatite B, C, Sífilis e Doença de Chagas

Investimentos em máquinas e equipamentos de alta precisão nos resultados - Foto por: Secom-MT

O MT Hemocentro comemora 27 anos de existência em março e celebra o investimento em tecnologias de ponta para a realização dos exames, com alta precisão e qualidade nos diagnósticos de doenças do sangue. O investimento feito no laboratório da unidade começou em 2020 e continuou em 2021.

O banco de sangue trabalha em ritmo de fábrica, com produção em grande escala de bolsas de sangue e seus derivados. Os equipamentos de ponta auxiliam na análise da qualidade do sangue doado e detectam, por exemplo, a existência de doenças como HIV, Hepatite B, C, Sífilis e Doença de Chagas.

Equipamentos novos do Hemocentro – Foto: Michel Alvim/Secom-MT

A análise subsidia laudos médicos para o tratamento de pacientes com hemofilia e anemia falciforme, atendidos no ambulatório do MT Hemocentro, além de pacientes atendidos por outras unidades da rede do Sistema Único de Saúde (SUS).




De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, a atual gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) investe em novas tecnologias para os laboratórios e assegura mais precisão no diagnóstico de doenças, cujo tratamento necessita de transfusão regular de sangue.

“Essas transfusões de sangue precisam ser as mais compatíveis possível, para evitar a sensibilização do paciente que vai receber o sangue. Essa qualidade é fundamental para que a população tenha acesso a um ‘produto’ que garante o cuidado de todos – seja do doador ou do receptor”, destacou a diretora.

Os laboratórios existentes no MT Hemocentro são os de Hemostasia (verifica coagulação sanguínea), Hematologia, Bioquímica, Sorologia do Doador Paciente e do Doador de Órgãos para fins de transplante, Imunohematologia e Controle de Qualidade. A produção dos laboratórios varia, em média, entre 1.000, 3.000 até 10.000 testes por mês.

Como agendar a doação

O mês de março marca a comemoração de 27 anos do MT Hemocentro. Além de atender normalmente de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, neste mês, está previsto o funcionamento da sede aos sábados, dias 13 e 27 de março, das 7h30 às 12h.

Devido à pandemia, o MT Hemocentro está agendando as coletas de sangue. As doações podem ser agendadas por meio dos telefones (65) 3623-0044 (Ramal 221 e 222) e Whatsapp (65) 98433-0624.