Marildes destaca na Assembleia a importância do Corujão de vacinas para Rondonópolis

A presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, Marildes Ferreira (PSB), destacou que a implantação do sistema Corujão em Rondonópolis será um avanço para a cidade no combate à Covid.

Nesta segunda (3), a vereadora junto com os vereadores Dico (SD), Reginaldo dos Santos (SD), Jonas Rodrigues (SD) e o secretário de Saúde, Vinícius Amoroso, debateram na Assembleia Legislativa a possibilidade do projeto ser implementado na cidade.

A reunião contou com a presença do primeiro secretário da AL, o deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) e com os deputados Sebastião Machado Rezende (PSC), Thiago Silva (MDB) , além do senador Wellington Fagundes (PL), que também estava na reunião.
Marildes explicou que com o sistema Corujão, as pessoas terão mais acesso aos postos de vacinação e poderão fazer a imunização em horários alternativos, no caso à noite.

“Pedimos apoio para Assembleia para implantarmos igual ao que tem em Cuiabá e Várzea Grande”, disse.

A vereadora completou que o Corujão, além de posto de vacinação, poderá ser uma estrutura ampliada do projeto Sentinela, com a realização de testes e exames sobre a Covid.

Marildes também destacou que foi pedido ao senador Wellinton a possibilidade de emendas para a Santa Casa.

O mesmo assunto foi também foco de reunião com o senador Jayme Campos (DEM), que se comprometeu a enviar emendas na ordem de R$1,5 milhão para um tomógrafo para Rondonópolis.