Indea intensifica fiscalização do transporte de pescado em rodovias estaduais

Picture of Indea-MT

Indea-MT

Nas abordagens os servidores do Indea irão inspecionar o acondicionamento do produto e a documentação sanitária. - Foto por: Indea

Indea intensifica fiscalização do transporte de pescado em rodovias estaduais

Ação dos agentes garante que o transporte esteja em conformidade com as normas sanitárias

Compartilhe:

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) está intensificando as fiscalizações e adotando medidas preventivas durante a Semana Santa, devido ao aumento usual do comércio de peixes neste período. As medidas visam assegurar que os produtos atendam aos padrões de segurança alimentar.

Os pontos de fiscalização móvel estão distribuídos de forma estratégica nos acessos municipais e principais rodovias federais do Estado. 

Nas abordagens, os servidores do Indea inspecional o acondicionamento do produto e a documentação sanitária, como a Guia de trânsito Animal (GTA), e a nota fiscal do pescado.

A ação garante que o transporte de pescado esteja em conformidade com as normas sanitárias
Créditos: Indea/MT

Cargas que não estejam em conformidade com as exigências sanitárias estão sujeitas a penalidades conforme previsto em lei, incluindo desde apreensão até destruição.

“Aproveitamos para orientar os consumidores a comprarem peixe de locais confiáveis, que ofereçam certificado oficial de segurança alimentar, garantindo a procedência e a qualidade do produto”, explica o coordenador de Fiscalização e Julgamento de Processos do Indea, Thiago Augusto Tunes.

Dicas de compra de pescado

Na hora de selecionar peixes, é essencial prestar atenção em características como coloração, textura e odor. Certifique-se de que os olhos estejam brilhantes e salientes. As escamas devem estar firmes e úmidas, aderido bem ao corpo do peixe. Além disso, verifique se a guelra está com coloração vermelho vivo, brilhante e sem muco, evitando guelras com coloração escuro acastanhado.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp