Hospitais universitários receberão reforço de seis mil profissionais

Edital da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares com os detalhes da contratação deve ser publicado nesta semana

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) terá um reforço importante no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O Ministério da Economia autorizou, na quinta-feira (26), a contratação de mais de seis mil profissionais. A força de trabalho será direcionada para os 40 hospitais universitários federais que formam a Rede Ebserh.

Estão previstas, aproximadamente, 900 vagas para médicos, 1,4 mil enfermeiros, três mil técnicos em enfermagem, 500 fisioterapeutas e 100 vagas para engenheiros e arquitetos, necessários para promover as mudanças estruturais exigidas para a acomodação de pacientes infectados pelo coronavírus.

“Estamos em um momento em que temos que nos dedicar ainda mais à nossa missão de cuidar. Somos a linha de frente no combate a uma pandemia mundial e a população brasileira depende de todos nós que atuamos na área da saúde. A Rede Ebserh está fazendo a sua parte e o reforço de nosso contingente vai ao encontro das necessidades desse período tão delicado”, declarou o presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira.

A publicação do edital está prevista para esta semana. Os chamamentos públicos terão todas as informações sobre o processo seletivo como pré-requisitos, remuneração, tempo de contratação e outras.

Com informações do Ministério da Educação