Haitiano com problemas psiquiátricos dá facada na cabeça de policial e é morto a tiros em MT

Haitiano teria morrido após atacar um policial militar em Cuiabá. — Foto: PM-MT

Um haitiano de 48 anos morreu na manhã desta terça-feira (10) após atacar um policial militar no Bairro Barreiro Branco, em Cuiabá.

Conforme boletim de ocorrência, a mulher do haitiano chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) alegando que ele sofria com problemas psiquiátricos e estava trancado há dois dias em um quarto da casa em que o casal mora. Além disso, segundo a mulher, ele havia agredido ela no domingo (8).

Ao chegar no local, a equipe do Samu acionou a Polícia Militar porque o homem estava apresentando resistência e se negava a sair do quarto.

Dois policiais militares foram atender a ocorrência quando, segundo o boletim de ocorrência, o haitiano saiu do quarto, pegou uma faca que estava escondida e patiu para cima de um dos policiais.

O outro PM, na tentativa de defender o colega que foi atingido por uma facada na cabeça, atirou no haitiano.

Ele ainda foi socorrido pela própria viatura da PM, enquanto o soldado que foi atingido por uma facada foi atendido pelo médico do Samu.

O haitiano foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O local foi isolado e uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi ao local.

O soldado foi encaminhado para um hospital particular de Cuiabá e não corre risco de morte.

A Corregedoria da Polícia Militar está acompanhando a ocorrência e instaurará procedimento para apurar a conduta dos policiais.