Governo Federal entregará mais de 308 mil cestas de alimentos a comunidades indígenas

Serão atendidas cerca de 154 mil famílias em mais de três mil comunidades indígenas espalhadas pelo País

Serão atendidas cerca de 154 mil famílias em mais de três mil comunidades indígenas espalhadas pelo País. - Foto: MMFDH

Quase 310 mil (308.794) cestas de alimentos, o equivalente a sete toneladas de produtos, serão entregues em todo o país a indígenas e comunidades tradicionais. A primeira entrega ocorreu nesta quinta-feira (28) em Rondonópolis, no Mato Grosso, e contou com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

No estado, 12 mil famílias indígenas de 43 etnias serão beneficiadas com a ação, que tem como objetivo garantir a segurança alimentar desses povos e diminuir os impactos da Covid-19.

“Neste ato aqui, nós estamos dando início à entrega de mais de 300 mil cestas básicas. São as cestas básicas compradas com o nosso dinheiro, com o dinheiro do meu Ministério. Tem também o dinheiro da Funai, que já foi. Mas, além do nosso dinheiro, do da Funai, também tem outras cestas básicas. Através do Pátria Voluntária, nós vamos passar longe, longe, de 1 milhão de cestas básicas para os índios durante esse período”, disse a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O Governo Federal investiu R$ 40 milhões na compra das cestas básicas. Os alimentos foram adquiridos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) com recursos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Em todo o Brasil, cerca de 154 mil famílias serão atendidas em mais de três mil comunidades indígenas. O trabalho de entrega dos alimentos será feito por equipes da Funai; e o Ministério da Defesa vai ajudar com o transporte e a logística. A Secretaria Especial de Saúde Indígena fará a higienização dos itens.

“Com a entrega dessas cestas básicas, estamos fazendo a garantia alimentar para que o índio fique na aldeia confortavelmente durante esse período de pandemia”, disse Damares. “Essa é a maior obra do governo Bolsonaro. É cuidar de vidas”, completou a ministra.

Itens da cesta

Cada cesta básica entregue a indígenas conta com 22 kg em produtos. São 10 kg de arroz, 4 kg de feijão, 1 kg de leite em pó, 1 kg de macarrão, 2 kg de açúcar, 1 garrafa de óleo, 2 kg de farinha de trigo ou mandioca e 1 kg de flocos de milho ou fubá.

Ação em números – Brasil

308.794 cestas de alimentos

7 mil toneladas

154 mil famílias beneficiadas

3 mil comunidades indígenas

Investimento: R$ 40 milhões

Origem dos recursos: MMFDH

Compra das cestas: Conab

Entrega dos itens: Funai e Ministério da Defesa