Gabigol dá vitoria ao Flamengo contra o Santos e coroa artilharia do Brasileirão

Atacante rubro-negro chega ao 30º gol na temporada e termina primeiro turno como artilheiro do Campeonato Brasileiro

Alexandre Vidal & Paula Reis / Flamengo

Na torcida do Flamengo, uma frase tem se tornado cada vez mais popular (e real): hoje tem gol do Gabigol. Artilheiro do Brasileirão em 2018, o atacante rubro-negro está novamente no topo do ranking de goleadores do campeonato. Dessa vez, com uma média ainda mais impressionante: são 16 gols em 15 jogos pelo líder do Brasileiro.

Com mais gols do que partidas, Gabriel está próximo de superar a sua própria marca no ano passado. Em 2018, foi artilheiro com 18 tentos, apenas dois a mais do que os feitos nesta edição do Brasileirão.

O último deles, aliás, veio em grande estilo. Diante do Maracanã lotado, no maior público do Campeonato Brasileiro, Gabigol brilhou. Contra o Santos, clube que o revelou, bateu com categoria, por cobertura de fora da área, para dar a vitória ao Flamengo.

O adversário mais próximo de Gabriel Barbosa na luta pela artilharia é o atacante Gilberto, do Bahia, que marcou seu 10º gol neste domingo. Se mantiver a atual média, Gabigol dificilmente perderá esta disputa, o que lhe renderia um feito e tanto.

Desde Túlio Maravilha, em 1995, um jogador não consegue ser artilheiro de duas edições consecutivas do Campeonato Brasileiro. Aos 23 anos de ida, o atacante já foi artilheiro da Copa do Brasil três vezes, um recorde para a competição.

Parte um trio insinuante de ataque, Gabriel vive o melhor ano de sua carreira no Flamengo. Até o momento, foram 30 gols marcados, mais do que em qualquer temporada dele. É o único jogador do elenco rubro-negro a ter feito gol em todas as competições oficiais que o clube disputou.

No Brasileirão, o padrão dos gols de Gabriel é facilmente perceptível. Dos 16 tentos, 13 foram feitos com a perna esquerda. A única vez em que ele usou a direita foi na 18ª rodada, na vitória por 3 a 0 sobre o Avaí. Metade dos gols foram feitos na pequena área e dois foram de pênalti.

Além disso, o posicionamento de Gabriel é uma arma e tanto para o Fla. Oportunista, aproveitou bem o rebote seis vezes. Em cinco dessas oportunidades, praticamente só empurrou para o fundo da rede. Em uma delas, porém, fez um golaço, quando estufou a rede do Botafogo em um sem pulo de fora da área.

Confira abaixo um raio-x dos gols marcados por Gabriel no Brasileirão 2019:

Perna esquerda: 13
Perna direita: 1
Cabeça: 2

Pequena área: 8
Grande área: 6
Fora da área: 2

Bola rolando: 14
Pênalti: 2

Rebote: 6