EXPOSUL | 35ª Cavalgada mostra a tradição do campo com trajeto marcado pela preocupação com o bem estar animal

Picture of Mike Alves

Mike Alves

Foto: Wagner Montanari Fotografias

EXPOSUL | 35ª Cavalgada mostra a tradição do campo com trajeto marcado pela preocupação com o bem estar animal

Compartilhe:


A 35º Cavalgada da Exposul aconteceu neste sábado (05/08), e muitas pessoas acordaram cedo e foram para as ruas do trajeto para ver acompanhar o desfile de cavaleiros e amazonas, com destaque para os animais. O tradicional evento marca a abertura da programação da feira, movimentando os locais por onde passou nesta edição, que contou com uma mudança de trajeto para o melhor bem estar animal e culminou com a chegada no Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias.


A Cavalgada que contou com 425 inscritos, e saiu nas proximidades da ponte do córrego Arareau, na Avenida Fernando Corrêa e seguiu até a Avenida Lions internacional, contornando o shopping e acessando Avenida Governador Júlio Campos, dali seguiu para o trecho final pela Avenida dos Estudantes até o parque de exposições. Neste ano o foco novamente do evento foram os cuidados que a organização e parceiros tiveram com os animais, para que fosse um momento de descontração com a família. Onde foram eliminados do trajeto as subidas e contou vários pontos do percurso havia paradas para os animais se hidratarem, devido à baixa umidade.


Para o responsável técnico da Cavalgada, Neurivaldo Júnior, a parceria da organização com o Juizado Volante Ambiental (Juvam) foi fundamental para garantir que tudo ocorresse dentro do que foi acordado, onde o esforço dos órgãos de fiscalização parceiros garantiu um evento de sucesso para a população e participantes. “Foi uma satisfação ver o recinto de saída da cavalgada cheio, com todos empenhados para fazer uma das maiores cavalgadas que a Exposul já teve nestes últimos tempos. Com muita gente desde bem cedinho no trajeto para prestigiar e registrar o momento da passagem da cavalgada, e também aqui no local da saída para tirar fotos e trazer os filhos para verem os bois e os cavalos, um evento para a família rondonopolitana”, disse.


O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Rondonópolis, Lucindo Zamboni Júnior, acompanhou a cavalgada de perto e não escondeu a alegria pela magnitude do evento que é um patrimônio cultural de Rondonópolis. “A cavalgada da Exposul é feita por várias mãos, com a união do tradicional da cavalgada e o Juvam, para que a tradição continue e chegue neste ano a 35 edições sendo uma história que não vai acabar fácil assim. A Exposul começando sua programação e é uma alegria para todos nós”, finalizou.


Nesta edição, a cavalgada foi abrilhantada com três comitivas de carros de bois, e que chamaram muita a atenção de quem acompanhou a passagem dos animais. As categorias premiadas no final do evento foram: amazonas destaque na área de bovinos, equinos e muares, peões destaque na área também de bovinos, equinos e muares, comitiva destaque.

Foto: Wagner Montanari Fotografias


A Exposul terá seus portões abertos nesta segunda-feira (07), com uma grande programação, envolvendo exposições, shows, palestras, cursos, leilões e muita diversão. A feira começa nesta segunda-feira (07/08), sendo considerada umas das maiores do Centro-Oeste. O evento contará com shows nacionais, rodeios, prova dos três tambores, cavalgada, palestras, leilões e muitas outras oportunidades de negócios para os produtores rurais. A expectativa de público gira em torno de 250 mil pessoas nos oito dias de eventos dentro do Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias.


VENDA DE PASSAPORTES – Os passaportes podem ser adquiridos pelo valor de R$ 250,00. A entrada única inteira será no valor de R$ 200,00 e a meia entrada R$ 100,00. Os ingressos poderão ser divididos em três vezes ou pagos através de pix. Outras informações pelo telefone (66) 99956-5283.


A 49º Exposul tem como apoiadores a Prefeitura Municipal de Rondonópolis, Câmara Municipal de Rondonópolis, Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar MT) e Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat).

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também