Ex-BBB Clara Aguiar sobre ser cam girl: “Tem cliente que paga só pra me ver dormindo”

Reprodução/Instagram

A ex-BBB Clara Aguiar falou sobre sua profissão como cam girl e descreveu os tipos de serviços que seus clientes costumam pedir. Em Conversa com Bial, ela mostrou que não se trata apenas de “tirar a roupa” e que as situações são variadas.

“Na quarentena tem gente que está pagando para ter companhia até na hora de comer; para almoçar e jantar junto”, contou. “Tem uns que perguntam: ‘Tudo bem se eu pedir uma pizza e a gente ficar só conversando?'”.

Para Bial, a ex-BBB revelou, inclusive, que alguns clientes pagam para conversar e querem falar sobre filmes, livros e até mesmo o coronavírus. “Tem um cliente que passa a noite inteira comigo. Ele gosta de me ver dormir e paga só para me ver dormindo”, contou.

“Tem outro que gosta de pé, que é um fetiche comum. Então, eu deixo a câmera direcionada para o meu pé, geralmente coloco um filme para assistir, e fico lá enquanto o dinheiro vai entrando”, disse ela, que também é DJ. Clara já chegou a faturar cerca de 100 mil reais em um mês – os pagamentos são em dólar.

Ela também reforçou que o trabalho pode ser mais profundo do que parece. “Muita gente pensa que camgirl é só para tirar a roupa e tal, mas eu sempre digo que uma camgirl de sucesso faz mais dinheiro com roupa do que sem, porque acabamos fazendo papel de psicóloga e amiga”.