Em menos de uma semana, policiais penais realizam três apreensões na PCE

Caso mais recente aconteceu nesta quarta-feira, quando um drone, dois carregadores e um tablete de substância análoga a maconha foram apreendidos

Foto por: Sistema Penitenciário

Mais uma apreensão de materiais ilícitos foi registrada na manhã desta quarta-feira (20.10), na Penitenciária Central do Estado (PCE). Desta vez, os suspeitos tentaram arremessar para dentro da unidade carregadores de celular e entorpecentes utilizando um drone.

O caso ocorreu por volta das 4h da madrugada, enquanto os policiais penais do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) faziam ronda na laje intramuro. Foi quando os servidores avistaram o drone de cor branca que prendia os materiais ilícitos por meio de uma linha em um pequeno malote.

O drone sobrevoava o Raio 4 da unidade e os presos tentavam pegar o pacote por meio de um gancho improvisado. Tanto o drone quanto o pacote foram apreendidos pelo GIR.




Essa já é a terceira ocorrência que os policiais penais obtêm êxito em impedir a ação de criminosos. A primeira ocorreu na última quinta-feira (22.10), quando oito baterias de celulares e um tablete de substância análoga a maconha foram apreendidos.

Já na segunda ocasião, ocorrida na noite de sexta-feira (23.10), seis baterias de celular e um tablete de maconha foram apreendidos.