Em 2014, Jô Soares sofreu com a morte do único filho: “Pesadelo de todo pai”

Em 2014, Jô Soares sofreu com a morte do único filho: “Pesadelo de todo pai”

Rafael morreu aos 50 anos de idade, e enfrentou um câncer no cérebro

Jô Soares, que morreu aos 84 anos de idade na madrugada desta sexta-feira (5), sofreu um baque com a perda de seu único filho, Rafael Soares, que morreu aos 50 anos, no dia 31 de outubro de 2014. Rafael era autista e filho do primeiro casamento de Jô Soares com a atriz Teresa Austregésilo, e passou por um tratamento contra um câncer no cérebro, diagnosticado em 2013.

Jô sempre adotou uma postura discreta para falar sobre o filho. Em 2011, Rafael participou como convidado de um programa da Rádio Globo, que costumava acompanhar pelas manhãs.

Muito emocionado, Jô comentou sobre a vida do rapaz na abertura do Programa do Jô. “A nossa abertura hoje vai ser um pouco diferente, porque na última sexta-feira (31), eu sofri o pesadelo de todo pai, a inversão da ordem natural das coisas, a perda de um filho. Meu filho Rafael esteve no mundo durante 50 anos e foi uma criança especial. Como era autista, permaneceu menino até o fim. Passou a vida inteira na realidade do próprio mundo. Corpo de adulto e alma de criança. Adora música, tocava piano e seu amor era o rádio. O Derico, num gesto incrível, até chegou a gravar as vinhetas. E ele não tirava a rádio do ar nunca, até mesmo no aniversário dele, nem na hora de apagar a velinha. Vivia com entusiasmo e até mesmo com paixão. Tenho muito orgulho do meu filho e a Theresa, sua mãe, que foi minha grande companheira. Agradeço ao carinho de pessoas queridas, amigos e desconhecidos”, disse.

Noticias Relacionadas