Destino? Brasil! País terá 2 milhões de novos assentos em voos internacionais até o fim do ano

Governo do Brasil

Governo do Brasil

Destino? Brasil! País terá 2 milhões de novos assentos em voos internacionais até o fim do ano

Entre abril e dezembro deste ano, estão programados 9,7 milhões de assentos em voos internacionais com destino ao Brasil. O aumento é de 26%, ou 2 milhões de novos assentos quando comparado com o mesmo período do ano passado. A informação consta em relatório da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), consolidado com dados da ForwardKeys – um dos principais provedores de análise de dados de viagens do mundo.

“Não adianta a gente mostrar para o turista estrangeiro o quão maravilhoso é o nosso país se ele não tiver como comprar uma passagem e vir nos visitar. A conectividade aérea sempre foi um dos grandes gargalos para o crescimento do turismo internacional e a notícia boa é que estamos conseguindo avançar muito nesses três primeiros meses. Só na semana passada iniciamos o diálogo por novas rotas com 32 companhias aéreas estrangeiras”, disse Marcelo Freixo, presidente da Embratur.

Entre 21 e 23 de março, a Embratur participou em Chicago (EUA) da Routes Americas, feira que reuniu as principais companhias aéreas do mundo. No evento, a agência propôs planos de aumento da oferta de voos internacionais para o Brasil para 2024 e 2025. O crescimento da malha aérea internacional é uma das missões institucionais na Embratur, que vem atuando em parceria com as companhias aéreas, promovendo os destinos do Brasil nos países de origem desses voos para gerar demanda que dê sustentabilidade econômica às novas rotas.

“Com a ajuda de big data, conseguimos saber onde estão e quem são os potenciais novos turistas que se interessam no que o Brasil tem a oferecer. Então, primeiro demonstramos para as aéreas o potencial de demanda para estimular o surgimento de novas rotas. Garantida a nova rota, nossa missão é conectar as operadoras e trabalhar as ferramentas de promoção dos destinos brasileiros e trazer turistas para cá”, explica Freixo.

Em alguns casos, haverá aumento de frequência de rotas já existentes, mas também haverá o anúncio de novas rotas com companhias aéreas que já operam no Brasil, bem como o início de operação de novas companhias aéreas.

CRUZEIROS – A Embratur atua também para atrair novos turistas estrangeiros via cruzeiros marítimos. Entre os dias 27 e 30 de março, a agência montou stand na Seatrade Cruise Global, em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, evento focado no trade de cruzeiros. Nesse mercado, o planejamento exige ainda mais antecedência. Como as temporadas dos médios e grandes navios já estão programadas até o fim de 2014, as negociações focaram em 2025 e 2026.

Fonte: Embratur

+ Acessados

Veja Também