Conselheiros tutelares da região central e vila operária tomam posse

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Conselheiros eleitos em outubro já foram empossados Foto: Felipe Godoi/Gcom

Conselheiros tutelares da região central e vila operária tomam posse

Compartilhe:

O Conselheiros Tutelares de Rondonópolis, titulares e suplentes, eleitos pela população no ano passado foram empossados na manhã desta quarta-feira (10), no auditório da Prefeitura. Os eleitos, divididos nas regiões central e vila operária, vão atuar em um período de quatro anos.

O prefeito José Carlos do Pátio recebeu as autoridades para a posse, dentre elas a juiza da Vara Especializada da Infância e Juventude, Maria das Graças Gomes da Costa, a promotora de justiça da Infância e Juventude, Patrícia Eleutério Campos Dower, o presidente da Câmara Júnior Mendonça, o presidente da subseção da OAB, Bruno de Castro da Silveira

Pátio agradeceu o trabalho dos conselheiros que estão deixando o cargo e desejou boa sorte para os que estão entrando. “Eu defendo as crianças no atacado, mas são vocês que vão defender elas no individual. São vocês que vão enxergar as necessidades pontuais com olhar clínico”, afirmou o prefeito. Ele pediu a ajuda dos novos conselheiros para que passem sugestões para que o município possa avançar nas políticas em favor da criança e do adolescente.

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) é de suma importância a participação do Conselho Tutelar perante a sociedade, tendo em vista que eles estarão preparados para qualquer demanda que seja referente a violação dos diretos da criança e adolescente. O CMDCA e a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social foram os responsáveis por todo o processo de eleição dos conselheiros.

Os Conselheiro Tutelares têm a responsabilidade de zelar pela garantia de direitos fundamentais, como educação, saúde, convívio familiar e proteção contra a violência, agindo a partir do recebimento de denúncias de violações ou ameaças aos direitos de crianças e adolescentes. Eles também têm a competência de fiscalizar, independentemente de haver ou não denúncia.

“Venham com muita vontade de somar, com muita vontade de continuar estudando. Precisamos de pessoas que se atualizem, que se dediquem e que tem compromisso com nossas crianças”, disse a Maria das Graças Gomes da Costa.

Assim como em Rondonópolis, os conselheiros de todos os municípios brasileiros estão sendo empossados neste dia que marca um recomeço do trabalho pela garantia da proteção e promoção dos direitos das crianças e adolescentes.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp