Concurso de rádio surpreende nos EUA e dá bebê como prêmio

Rádio na Flórida fez um concurso com mulheres e anunciou que vencedora ganharia uma 'fertilização in vitro'

Krista e Anthony Rivera venceram o concurso e "ganharam" um bebê - (Foto: Reprodução/radio B1039 cape coral)

Um concurso promovido pela rádio B1039, na Flórida, (EUA), surpreendeu ao anunciar que o prêmio seria “um bebê”. Os vencedores, o casal Krista e Anthony Rivera, hoje são pais de Garrett, que tem 3 meses de vida.

“competição”, realizada em novembro de 2017, foi feita com mulheres sem filhos, que tiveram que submeter vídeos à estação dizendo por que seriam boas mães. A vencedora seria submetida ao processo de fertilização in vitro, com todas as despesas de medicamentos antes e depois do procedimento pagas.

Os vencedores do concurso foram Krista e Anthony Rivera, de Cape Coral, que se tornaram pais em agosto deste ano, quando o pequeno Garrett Campbell Rivera nasceu. “Quando pensamos que não poderíamos ter um bebê, foi terrível”, disse Krista, recordando a época em que o marido foi diagnosticado com câncer testicular. “Nós certamente não sabemos fazer nada do jeito fácil, mas ainda assim somos abençoados”, comenta a mãe vencedora do concurso para a rádio B1039.

Após o diagnóstico de Anthony, a opção de fertilização foi sugerida ao casal. Porém, eles não tinham dinheiro para custear o procedimento e os medicamentos. “Sem o concurso não teríamos como realizar o sonho de ser pais”, declarou Anthony.

Nos EUA, um procedimento completo de fertilização custa aproximadamente R$ 80 mil, de acordo com a CNN. No mundo, cerca de 8 milhões de bebês já nasceram por meio do procedimento, segundo a American Medical Association.


Garret, “prêmio” de concurso, tem 3 meses de vida – (Foto: Reprodução/radio B1039 cape coral)

In Vitro

Técnica também conhecida como “bebê de proveta”, a fertilização in vitro (FIV) é um processo em que a fecundação do óvulo com espermatozoide é feita em laboratório.

Os espermatozoides e os óvulos são colocados em um ambiente preparado e em condições ideais de temperatura, visando simular as trompas. Caso o processo evoluir favoravelmente, os pré-embriões são transferidos para o útero da mãe, afim de que ocorra a gravidez.

Dados da Anvisa mostram que o número de fertilizações por meio de inseminação artificial cresce cada vez mais no Brasil. De acordo com o 12º Relatório do Sistema Nacional de Produção de Embriões (SisEmbrio), em 2018, foram realizados 43.098 ciclos de fertilização in vitro (FIV), enquanto em 2017 foram 36.307 ciclos. Isso representa um aumento de 18,7% na quantidade de procedimentos.

O estado de São Paulo liderou o número de procedimentos realizados, somando 20.170, o que representa 46,8% do total do país. Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, ficaram os estados de Minas Gerais (4.221) e Rio de Janeiro (3.959).