Concessionária intensifica manutenção de trecho da BR-163 e BR-364

Chuva frequente e excesso de veículos pesados danificam pavimento

Dal Molin faz indicação à União para duplicação da BR-163



Durante o período chuvoso, o desgaste do pavimento costuma ser maior. Em locais com alto fluxo de veículos de carga, os danos acabam sendo ainda maiores. Diante desta combinação de fatores, a Concessionária Rota do Oeste trabalha intensamente para garantir a qualidade do pavimento da BR-163, BR-364 e rodovia dos Imigrantes (BR-070). Esta semana (de 13 a 17 de janeiro), as equipes de obras atuaram em todo o trecho sob concessão, do km 0 ao km 855 da BR-163.

No norte de Mato Grosso, o pavimento da BR-163 contou serviços de reparos localizados e manutenção nas regiões de Diamantino (do km 557 ao km 560), Nova Mutum (do km 613 ao km 641), Lucas do Rio Verde (do km 641 ao km 650) e de Sorriso a Sinop (do km 696 ao km 817). Além das atividades voltadas à recuperação da pista, foram realizados serviços de limpeza, roçada e reforço da sinalização (vertical e horizontal).

Na região sul da BR-163, entre Itiquira e Rondonópolis, as frentes de obras atuaram do km 0 ao km 119, de forma descontinuada e de acordo com a necessidade de cada trecho. Neste segmento, a pista já está duplicada.

No trecho de sobreposição da BR-163 e da BR-364, as atividades da Rota do Oeste foram concentradas na região de Rondonópolis (do km 201 ao km 211) e de Várzea Grande a Nobres (do km 434 ao km 584). Nos segmentos, as equipes atuaram na recuperação do pavimento, realizaram roçada e trabalharam na revitalização da sinalização. As medidas são adotadas de acordo com um calendário elaborado no início da semana.

Na rodovia dos Imigrantes (BR-070), as equipes concentraram esforços do km 521 ao km 524, em Várzea Grande.