Com crateras e lixos, Sagrada Família está em estado de calamidade em Rondonópolis

São inúmeras as reclamações de lixo espalhados pela região, além das ruas com crateras, dificultando o tráfego dos moradores

Com crateras e lixos, Sagrada Família está em estado de calamidade em Rondonópolis
Foto: Arquivo pessoal

Os moradores do Sagrada Família em Rondonópolis, denunciaram no último fim de semana, a situação caótica do bairro. São inúmeras as reclamações de lixo espalhados pela região, além das ruas com crateras, dificultando o tráfego dos moradores.

De acordo com o presidente do Sagrada Família, Paulo Schuh, o lixo espalhado pela região pode ter sido jogado tanto por moradores, como por pessoas de outros bairros.

Sobre as crateras, formadas nas ruas, o presidente diz que os tramites legais estão sendo realizados para obter, de forma urgente, um auxílio do município.

“Quase 90% das ruas do Sagrada Família estão em situação precária, sem condições de trafegabilidade. Temos casos na qual o mato tomou conta da rua, impedindo muitos  moradores de entrarem em suas residências. Nesta tarde estaremos protocolando um requerimento na Secretaria de Infraestrutura para resolver a situação com urgência. No entanto, essa situação se arrasta há algum tempo e não estamos sendo atendidos. Já sobre o lixo, acredito que sejam moradores de bairros vizinhos que estão jogando os detritos. Tem ruas que estão tomadas pelos lixos”, disse.

A rua denunciada pelos moradores, é a A-143, esquina com a A-140, onde os moradores não conseguem trafegar e precisam fazer um caminho alternativo para chegarem a suas casas.

“O buraco é tão profundo, que uma forte chuva poderá estourar a rede de água”, denuncia Paulo.

Além disso, os moradores estão na `bronca´ devido a falta de preocupação da Prefeitura com o bairro.

“O que nós deixa indignados é o fato de bairros vizinhos recebem os paliativos, enquanto o nosso fica nessa situação, com ruas que está difícil até passar a pé”, complementa.