Colados na classificação, Luverdense e Macaé tentam se distanciar da zona



Macaé e Luverdense farão, às 21h30 desta sexta-feira, no Estádio Moacyrzão, uma espécie de "tira-teima". Afinal, as campanhas na Série B do Brasileirão são praticamente idênticas: ambos têm 28 pontos, com o mesmo número de vitórias, empates e derrotas – o time mato-grossense leva vantagem apenas pelo saldo de gols. O duelo, válido pela 23ª rodada da competição, também pode ajudá-los a se distanciarem ainda mais da zona de rebaixamento.

O Macaé nada mais quer que colocar um ponto final na crise e embalar de vez na Série B. A vitória sobre o Oeste na última rodada encerrou um jejum que já durava nove jogos ou quase dois meses. Para a partida, o técnico Josué Teixeira deu indícios de que voltará a usar dois volantes (Gedeil e Juninho) e dois atacantes (Pipico e Anselmo). O grande problema é a superlotação no departamento médico.

Invicto no segundo turno da Série B, o Luverdense vai ao Rio de Janeiro com o time titular modificado em relação ao que entrou em campo na última terça-feira, no empate diante do ABC-RN. Com o treinador Júnior Rocha escolhendo poupar o atacante Tozin e o lateral esquerdo Paulinho, Alípio e Revson devem ser os titulares para esta partida. A equipe mato-grossense ocupa atualmente a 13ª colocação, com 28 pontos.

Apita a partida o árbitro Emerson de Almeida Ferreira, que será auxiliado por Ricardo Vieira Rodrigues e Felipe Alan Costa de Oliveira – o trio é de Minas Gerais.