Cefapro de Cuiabá realiza curso para profissionais da educação do campo

Junior Silgueiro/Seduc MT

O Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro), polo de Cuiabá, realiza um curso para 70 profissionais da educação que atuam em escolas do campo. Trata-se de “Economia Solidária, Ciências e Saberes do Campo e Científicos”.

Serão 80 horas de curso de formação continuada que vai de maio a novembro. A abertura será no dia 4 de maio (sexta-feira) com palestras e oficinas.

Participam profissionais da educação de 22 escolas do campo, sendo a maior parte de outras cidades do polo que é formado, além de Cuiabá e Várzea Grande, pelos municípios de Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Acorizal, Jangada, Nova Brasilândia, Chapada dos Guimarães e Planalto da Serra.






Segundo o diretor do Cefapro Ezemar Mourão da Silva no dia da abertura haverá uma oficina sobre práticas alimentares da cultura camponesa. “Será um ponto de discussão sobre a agricultura familiar”, destaca.

Ele lembra que essa prática é importante para os alunos dessas escolas, uma vez que os pais deles são da agricultura familiar.

Outra questão programada será um debate sobre o fim do sinal analógico de TV – dia 14 de agosto só teremos transmissões digitais. “Precisamos informar sobre essa questão uma vez que muitas famílias desconhecem, pois podem ficar sem sintonizar os aparelhos. Daí a importância desse assunto chegar até a casa dos pais dos estudantes”, ressalta.

A professora Mirta Grisel García de Kehler, da Superintendência de Formação da Seduc, afirma que o curso é importante, porque além de valorizar a cultura do campo, amplia o conhecimento dos professores que atuam nessas escolas.