Casal foragido do Tocantins é preso em Rondonópolis

Fiscais da vigilância sanitária são presos por concussão e associação criminosa em MT
Foto: Reprodução

Milton Bento da Luz e sua mulher, Ana Carla da Silva Gonçalves, fugitivos do Estado de Tocantis, foram recapturados em Rondonópolis, na sexta-feira (18).

O homem é um dos foragidos do Casa de Prisão Provisória (CPP) Paraíso do  Tocantins, no dia 1 de novembro de 2018, após romper as grades do teto da cela.

As prisões foram realizadas pela Polícia Civil, através de informações recebidas pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais – DEIC, Núcleo Paraíso do Tocantins, repassadas a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) do município.

De acordo com a Polícia, o casal estava morando no bairro Vila Mineira. A mulher usava nome falso e apresentou documento de identidade falso com o nome Maria Clara da Silva.

Além disso, conforme informações, o homem era responsável por comandar, de dentro do presídio, o tráfico de drogas na região do Vale do Araguaia (TO). Ele tem condenação por tráfico interestadual de drogas.

O suspeito é um dos 62 criminosos presos da operação Intramuros, da Polícia Civil do Tocantins, que investiga 75 criminosos.

Os mandados de prisão foram expedidos 1ª Vara Criminal de Paraíso do Tocantins,  em março e novembro de 2018.