Capa da Sexy, Jéssica Arboleya posa de lingerie após ensaio nu

Para manter as curvas, a loira corre todos os dias em jejum e faz musculação com foco nos glúteos

Capa da Sexy, Jéssica Arboleya posa de lingerie após ensaio nu
Mariana Araújo / M2 Mídia

Shape renovado! Jéssica Arboleya chamou a atenção dos homens com seu corpo sarado em fevereiro, mês em que foi capa da revista Sexy, a principal publicação masculina do país.

A modelo eleita a Bela do Verão 2019 conquistou sua definição com muito treino pesado e dieta, mas não nega que a genética é sua aliada. Ela também descarta o uso de anabolizantes.

“A minha genética sempre foi minha melhor aliada, consigo desenhar meu corpo com facilidade tendo apenas disciplina e foco. Meu treino é superintenso, saio da academia sem forças, no meu limite. E é isso que me motiva a buscar sempre um shape melhor. Hoje estou com 15% de gordura corporal, praticamente o índice de uma atleta”, diz a loira.

Para isso, Jéssica corre todos os dias em jejum e faz musculação com foco nos glúteos. Já no cardápio, nada de frituras, doces e bebidas alcoólicas.

A gata se alimenta de 3 em 3 horas e tem como base proteína e salada de todos os tipos. Ela evita os carboidratos e industrializados para dar espaço a alimentos naturais. Além disso, bebe no mínimo 3 litros de água por dia.

“Vale tudo para manter o corpo em dia. Já cheguei a passar fome, mas hoje estou bem adaptada à dieta. Já fiz muita dieta maluca. Teve uma época que só comia papinha de bebê. Mas claro que não recomendo. De tudo, só não usei anabolizantes, mas sou adepta de vitaminas e suplementos”, conta. “E mesmo com o shape mais sequinho não quero ser uma atleta profissional. Não faz parte dos meus planos ir para competições fitness”, avisa.