Batida entre dois veículos mata 7 e deixa 1 em estado grave

presos filmam tortura a rival dentro de penitenciária

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a imprudência foi a causa das sete mortes ocorridas em um acidente de trânsito noite de terça-feira (27), em Santa Maria, na Região Central. Dois carros, um Monza e um Twingo, colidiram na BR-287. Seis pessoas que estavam no mesmo veículo morreram no local. O motorista do Twingo chegou a receber atendimento médico, mas também não resistiu aos ferimentos. Uma jovem de 16 anos sobreviveu à colisão e está hospitalizada, como mostra a reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV.

As causas do acidente ainda não foram divulgadas, mas o policial rodoviário Daniel Pozobon Rigo sustenta que o condutor do Monza, onde estavam as vítimas, foi imprudente ao transportar tantas pessoas no carro. Ele não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Apesar disso, segundo informações preliminares, foi o Twingo que invandiu a pista contrária e causou a colisão.

“O que pode ter acontecido é uma distração ao volante por parte de alguns dos motoristas. O Monza levava sete ocupantes, dos quais seis faleceram. Isso foi total imprudência do condutor e dos passageiros. Eles não usavam cinto, até porque não há cintos suficientes para sete pessoas, e o condutor não tinha habilitação", explica o policial.

Foram encontradas bebidas alcoólicas dentro do Monza. Porém, conforme Rigo, não é possível afirmar se os ocupantes estavam consumindo a bebida. "Havia gelo e latas de cerveja. Acredito que eles estavam indo consumir essa bebida em algum lugar", diz ele.

Morreram no local João Paulo Pereira da Silva, de 29 anos, Lucas Silveira Marques, de 20 anos, Luan Patrick Farias, de 19 anos, Luciele Bitencourt Escobar, de 29 anos, Leandro Silva Dias, de 20 anos, e Jéssica Santos Bitencourt, de 16 anos. O condutor do Twingo, Pierry André de Oliveira, de 44 anos, chegou a ser levado para o Hospital Universitário de Santa Maria, mas não resistiu aos ferimentos. Ariele Padilha da Cruz sobreviveu ao acidente, passou por cirurgia e segue hospitalizada.