AL receberá Hemocentro da Santa Casa para doação de sangue nesta quarta-feira

| s.j. povo | vereador tenta destravar obras da rodovia do leite

A Assembleia Legislativa abrirá suas portas para acolher doações de sangue dos colaboradores da Casa e da sociedade. O Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá trará sua equipe, para atendimento na próxima quarta-feira (22/02), das 8h às 12h e das 14h às 18h. A iniciativa compõe a campanha “Desafio Pela Vida” da ALMT, cuja iniciativa é do deputado Oscar Bezerra (PSB).
A enfermeira responsável pela coleta externa, Rosineide Gomes Evangelista, que faz parte do quadro de profissionais de saúde que atenderá na AL, convida a todos para visitar as duas salas da Escola do Legislativo que estarão abertas para a doação, pois, explica, “a atitude gera ainda muitas dúvidas”. “Até quem não pode doar pode procurar a gente”, garante.
Rosineide orienta alguns cuidados para doar sangue. “Além de ter pelo menos 18 anos e 50 quilos, é necessário estar com boa saúde, não estar em jejum, não estar gestante nem aleitando e ter tido uma boa noite de sono”. A enfermeira complementa que não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e se exige pelo menos um ano de tempo da última tatuagem feita. Se quiser doar depois do almoço, esperar duas horas de digestão.
Cada bolsa doada pode salvar quatro vidas, pois o sangue é transformado em quatro produtos: plaquetas, plasma, concentrado de hemácias e crio – dependendo da necessidade do paciente.
#PelaVida
O desafio #PelaVida nasceu de uma proposta espontânea do deputado Oscar Bezerra, que, quando doou sangue, convidou outros três colegas parlamentares para a mesma atitude, por meio de um vídeo publicado em suas redes sociais. Leia mais sobre a iniciativanesta matéria.
Bezerra justificou que a ação parte da necessidade de repor os estoques de sangue nos hemocentros, cuja demanda aumenta em períodos de forte fluxo de veículos nas rodovias, ainda mais com a perigosa combinação com a bebida alcoólica. “Nós, que somos figuras públicas, podemos servir de bons exemplos para que a sociedade se conscientize da importância da doação de sangue”.
Ciente da grandeza da campanha, a ALMT acolheu a proposta e estendeu para seus colaboradores e toda a sociedade interessada. A ideia é que o doador transmita publicamente, por foto ou vídeo nas redes sociais, o ato da doação nominando três amigos a fazer o mesmo; além de registrar com a marcação #PelaVida, para que o conteúdo seja compartilhado.
“A Assembleia tem que participar não só fazendo leis, mas também em todos os movimentos que venham ajudar a população. E a instituição irá envidar todos os esforços para dar resultado a essa campanha”, garante o presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (PSB).
Mais informações sobre a alta demanda de sangue no período de férias e, especificamente, no Carnaval,leia aqui.