Adversários no Brasileirão, Bahia e Grêmio se unem contra o racismo

Clubes se juntam para unir forças contra o racismo, o machismo, o assédio, a xenofobia e a homofobia dentro ou fora das quatro linhas

Adversários no Brasileirão, Bahia e Grêmio se unem contra o racismo
Divulgação/Site Oficial do Bahia



Neste sábado (1), se inicia 7ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A de 2019 e um duelo marcará uma história diferente na competição. Bahia e Grêmio se encontrarão na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 19h e, em parceria com o Observatório da Discriminação Racial no Futebol, os dois clubes vão unir suas forças contra o preconceito dentro e fora de campo.

As camisas das duas equipes contarão com o selo do Observatório, que tem sede em Porto Alegre e foi parceiro do Esquadrão de Aço no lançamento do Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol, em dezembro do ano passado, na Fonte Nova.

Os uniformes utilizados pelos times serão leiloados e o dinheiro arrecadado será usado para fomentar o trabalho da entidade, inclusive com a produção de uma cartilha de combate ao racismo para o público infantil.

Ídolo do Grêmio e técnico do Bahia, Roger Machado também participará ativamente das ações neste sábado. Ele vestirá uma camisa com a hashtag #ChegadePreconceito, slogan do Observatório, durante a partida. A iniciativa tem como objetivo chamar a atenção das torcidas e de toda a sociedade brasileira sobre a necessidade em pôr fim a todo e qualquer tipo de discriminação.

Para conferir mais detalhes da tabela do Campeonato Brasileiro, clique aqui.