Adonias diz que o Congresso Nacional mandou “bomba” para vereadores

Projetos do vereador Adonias Fernandes ganham destaque em 2018



O vereador Adonias Fernandes não poupou críticas ao Congresso Nacional. O parlamentar defendeu um entendimento que muitas das Leis que são propostas e aprovadas em Brasília, acabam não valendo para os municípios e , por fim, acabam obrigando as câmaras municipais a fazer esse papel.

A crítica foi diretamente relacionada ao projeto que regulamenta o uso de aplicativos para transporte de passageiros em Rondonópolis. Ele explica que a Lei Federal ao invés de regulamentar o serviço no todo acaba passando essa responsabilidade para o Município. “É muito simples criar uma Lei e que se dane o município”, resumiu o parlamentar.

Adonias foi enfático em dizer que essa situação poderia ser resolvida via Brasília. “Uma situação que tem que resolver aqui e poderia ser resolvida em Brasília é lá que começa toda a bagunça, mandaram a bomba para nós resolvermos”, criticou o parlamentar.

A proposta que regulamenta o transporte de passageiros via aplicativo foi rejeitada na quarta-feira pela Câmara de Vereadores. Os parlamentares discordaram do fato da Lei prevê uma limitação de número de carros prestando serviço no município.

Pela Lei apresentada pelo Executivo esse número não poderia ser superior a 78 carros em Rondonópolis.

Os vereadores ainda tentaram apresentar emendas que foram barradas nas comissões.