Ação Aquipesca fortalece políticas públicas voltadas ao desenvolvimento sustentável da pesca e da aquicultura

Mapa coordena ação para fomentar a pesca e a aquicultura, incluída no X Plano Setorial para os Recursos do Mar

Pixabay/Ilustrativa

O governo federal publicou na última terça-feira (17), no Diário Oficial da União, o Decreto nº 10.544 que estabelece o X Plano Setorial para os Recursos do Mar. O plano orienta o desenvolvimento racional e sustentável de atividades de exploração e aproveitamento dos recursos vivos, minerais e energéticos da Amazônia Azul.

O Ministério da Agricultura, Pecuária, Abastecimento (Mapa) é o responsável pela coordenação da Ação Aquipesca, que propõe políticas públicas, estratégias de conservação e uso sustentável da pesca e aquicultura.

O Aquipesca apoia políticas de incentivo ao consumo de produtos pesqueiros e aquícolas produzidos de maneira sustentável, reestrutura o Sistema do Registro Geral da Atividade Pesqueira, atualiza as informações da frota pesqueira, avalia planos de recuperação de espécies ameaçadas de extinção e apoia os projetos de pesquisa científica das atividades aquícolas e pesqueiras.




Além do recadastramento dos pescadores profissionais, a Ação prevê também a retomada da estatística pesqueira, fortalecimento das políticas de cessão de espaços físicos em águas da União para fins de aquicultura marinha e combate à pesca ilegal.

Recursos do Mar

O X Plano Setorial para os Recursos do Mar define diretrizes e prioridades de 2020 a 2023 que orientam o desenvolvimento racional e sustentável de atividades de exploração e aproveitamento dos recursos vivos, minerais e energéticos da Amazônia Azul, que compreende o Mar Territorial, a Zona Econômica Exclusiva e a Plataforma Continental.