2020 o ano da abundância

Estar de bem com a mãe é ter sucesso na vida



Em 20 de março de 2020 o ano começa a ser regido pelo Astro Rei – o Sol. A tendência é que as pessoas se sintam mais determinadas para traçar e realizar projetos, sem medo de iniciar novos empreendimentos. Podemos dizer que é o ano da abundância.

E você sabia que o dinheiro é uma energia ligada ao agradecimento, à vida que vem da nossa mãe?

E estar de bem com a nossa mãe agradecidos pela vida, nos dá equilíbrio e abundância.  A mãe como é ou como foi, na sua humanidade, imperfeição. Viva ou morta. Tenha ela nos criado ou não, tenha sido amorosa, ou não. Tenha apenas sido a doadora do óvulo que nos deu a vida, ou a barriga de aluguel que nos conduziu até a vida.

Estar agradecido por ter nos dado a vida e por tudo que recebeu através dela atrai o dinheiro e chama os negócios, atrai a abundância.

Isso é uma das descobertas da Constelação Familiar reveladas pelo saudoso Bert Hellinger, criador desse sistema que se espalhou pelo mundo e tem ajudado as pessoas a entenderem a importância da mãe , dos pais e de cada um no sistema familiar.

A abundância vem quando aprendemos a  respeitar a hierarquia natural: respeitar e honrar quem chegou antes do que nós.

Há pessoas que adoecem por mágoas com a mãe e quando consegue agradecer, perdoar e aceitar a mãe como ela foi ou é,  o dinheiro começa a fluir na vida das pessoas.

Às vezes, as dificuldades e problemas que sentimos em nossas vidas: não conseguir trabalho, não ter dinheiro, viver endividado, não conseguir um relacionamento, doenças, bloqueios são metáforas do sistema ou da consciência familiar para mostrar que estamos desordenados vivendo algo que não nos compete ou cabe, uma responsabilidade ou sentimento de algum anterior do nosso sistema familiar biológico. E na constelação apreendemos a ordenar o sistema a ocupar o nosso lugar e as coisas que nos cabem.

Assim podemos viver uma vida mais leve, plena e abundante.

Eluise Dorileo é psicóloga, terapeuta familiar e maestria nas novas constelações quânticas.

Email [email protected]