Jovem é presa por mandar 65 mil mensagens para homem após fim da relação

Divulgação/Paradise Valley Police Dept

Muitas pessoas têm dificuldades para aceitar o fim de um relacionamento. E esse parece ter sido o caso da americana Jacqueline Ades, de 31 anos.

Após acabar com o ‘caso’ que mantinha com um homem de Phoenix, no Arizona, Ades enviou mais de 65 mil mensagens para ele. O casal se conheceu em um site de paquera para milionários solteiros.

Com o término da relação, a americana passou a fingir ser casada com ele e enviava cerca de 500 mensagens diárias à vítima. Ela chegou a invadir a casa do amado e tomar banho em sua banheira.

“Senti que tinha encontrado a minha alma gêmea e que nos casaríamos e tudo ficaria bem”, comentou Jacqueline para o canal americano KPHO.

A americana foi presa em 8 de maio após ameaçar o homem de morte. “Não tente me deixar… Eu vou matá-lo. Não quero ser uma assassina”, falou ela, indiciada por antissemitismo e assédio. “O amor é uma coisa excessiva”, contou ao canal.